Coinbase chegando ao Japão

Uma das maiores exchanges do mundo, a Coinbase está chegando ao Japão em um plano de expansão para o país com a melhor regulamentação do setor.

Anúncio Oficial da Coinbase

No dia 04/06/2018 a Coinbase fez o seu anúncio oficial de que estaria abrindo um escritório no Japão.

Já foi inclusive nomeado o CEO, Nao Kitazawa, que anteriormente trabalhou como banqueiro de investimento no Morgan Stanley Japan, além de grande experiência no ramo das finanças e cenário internacional.

Uma das maiores exchanges do mundo está em direção ao país que mais aceita as criptomoedas, isso representa algo muito importante, pois a mesma segue as regulamentações dos EUA e provavelmente conseguirá seguir as do Japão também.

A Exchange afirma estar operando em 32 países e conta com mais de 20 milhões de clientes atualmente.

Fonte: https://www.coinbase.com/about

Um detalhe é que o potencial de mercado japonês é gigante, visto que o maior volume de transações atualmente é em JPY com 55% do valor transacionado, 19% ficando com USDT Tether e 17% com USD, ou seja, a chegada ao país tem um propósito claro que é abrir espaço no maior mercado de transações.

https://www.cryptocompare.com/coins/btc/analysis/USD

A Coinbase é uma das mais antigas Exchanges do mundo, foi fundada em 2012 e possui sede em São Francisco, Califórnia.

Mercado Regulatório Japonês

Uma das maiores barreiras para a Coinbase será a regulamentação japonesa sobre as criptomoedas, e para isso terá que lidar com Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA).

O país aceita o Bitcoin como uma criptomoeda e transaciona bastante na rede, mas quando o assunto é se regulamentar a figura é outra.

Não é fácil para as exchanges se adaptarem ao cenário, a Binance por exemplo saiu do país para a Ilha de Malta em Março de 2018.

Um dos pontos que pesa para a Coinbase nesse assunto porém, é que a mesma já se adequou a regulamentação da SEC dos Estados Unidos, e fazer agora o que o Governo do Japão exigir pode ser mais fácil para a mesma.

Seguiremos acompanhando a regulação da coinbase, e o mundo das criptomoedas ganha mais um capítulo interessante.