Competição do Telegram vai pagar R$ 1.2 milhão para desenvolvedores de blockchain

Criptomoeda do Telegram está com concurso em aberto até o próximo dia 15!

Siga no
Competição do Telegram quer desenvolvedores de blockchain
Competição do Telegram quer desenvolvedores de blockchain

O Telegram continua na corrida contra o tempo para lançar sua nova criptomoeda, chamada GRAM, precisando de mais desenvolvedores blockchain para isso. A novidade é que está em aberto um concurso que pode pagar até U$ 400 mil, cerca de R$ 1.2 milhão.

A maior premiação certamente irá para os vencedores do concurso, que terá mais premiações. Além disso, a premiação mínima será de U$ 200 mil, ou seja, R$ 800 mil para desenvolvedores de blockchain.

Telegram precisa urgente de bons desenvolvedores blockchain

A empresa é uma das gigantes a mirar as criptomoedas como futuro. De fato, além da Libra do Facebook, a criptomoeda do Telegram pode atrair muitas pessoas para o criptomercado.

Para isso, a Telegram tem corrido contra o tempo para o lançamento de sua moeda digital. O prazo para lançamento, previsto pelos investidores, deverá se esgotar 31 de outubro.

O que chamou a atenção é o novo concurso do Telegram para desenvolvedores blockchain, que irá ter altas recompensas. O concurso terminará no dia 15 de outubro próximo.

Os detalhes exigidos pelos participantes foram colocados em um arquivo .txt, disponível no canal oficial do concurso. De fato, até o momento o concurso já foi visualizado por mais que 300 mil pessoas. Isso poderia indicar que o interesse neste concurso atraiu muitos desenvolvedores blockchain para a causa.

Concurso está sendo conduzido dentro do próprio aplicativo

O Telegram está conduzindo a competição dentro do próprio aplicativo de mensagens. Os desenvolvedores blockchain interessados em participar deverão procurar o canal oficial (@contest) dentro do Telegram. Por lá, as regras de participação e objetivos estão detalhadamente explicados.

Outro detalhe interessante é que a obtenção de GRAMs para testes estão sendo distribuídas por um robô do app (@test_ton_bot). Entretanto, cabe o destaque que são moedas apenas para testes, e não as que serão utilizadas na rede principal.

Além disso, o desenvolvedor que tiver algum projeto pronto deverá enviar pelo próprio Telegram. Os códigos fonte, manuais de uso e script (caso se aplique), deverão ser enviados para outro robô (@jobs_bot).

Outros desenvolvedores blockchain poderão participar mostrando melhorias no código da rede TON. Para isso, deverão acessar o GitHub do projeto e dar os seus pitacos. A prova da melhoria também deverá ser enviada ao @jobs_bot.

Finalmente, o Telegram espera que os desenvolvedores blockchain ajude a empresa na “reta final” do projeto. De fato é esperado que estes possam construir contratos inteligentes e propor melhorias. Com isso, há a chance de ganhar U$ 400 mil pela ajuda ao Telegram.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

“Bitcoin não me atrai”, diz André Esteves do BTG Pactual em áudio vazado

Um áudio vazado de uma conversa de André Esteves, banqueiro do BTG Pactual, deixou claro a opinião dele sobre o Bitcoin como um investimento. O...
Dúvida sobre o Bitcoin ser caçado pela China

China pode estar planejando cancelar proibição do Bitcoin

A China tem sido um dos países que mais aparece nos holofotes do setor financeiro, seja ele o tradicional ou então o criptomercado. Com...

Alemanha vai leiloar R$ 75,2 milhões em Bitcoin

O leilão de criptomoedas realizados por diferentes governos tem sido algo cada vez mais comum, e desta vez um estado da Alemanha vai leiloar...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias