Coronavírus é um gatilho da crise, não sua causa

CZ compartilhou sua visão sobre o momento!

-

Siga no
CEO da Binance CZ
CEO da Binance CZ

Se o coronavírus já assusta e afeta empresas, bancos e governos, o CEO da Binance, CZ, afirmou que ele é apenas um gatilho para a crise, não sua única causa. Além disso, para o líder da corretora, o Bitcoin ainda continua sendo uma reserva de valor. A Binance é uma das maiores corretoras de Bitcoin e criptomoedas do mundo hoje.

De acordo com CZ, a inúmera quantidade de pedidos de nota da imprensa motivaram que ele fizesse um texto para explicar sua opinião. No atual momento da crise, CZ afirma que as opiniões dele sobre o momento são pessoais, mas com base em análises que fez do cenário.

Uma das perguntas que CZ respondeu foi sobre as criptomoedas serem um refúgio seguro em casos de crise. A resposta do CEO foi curta e objetiva, ao afirmar que essa é uma opinião de cada um.

Não espere que o bitcoin subirá de forma garantida quando o índice Dow Jones cair, ou vice-versa. [O Bitcoin] não é um produto de correlação inversa perfeita

Coronavírus é apenas um gatilho da crise atual, não a causa raiz

Em um relatório envolto em perguntas e respostas, o CEO da Binance apresentou sua visão sobre os novos cenários enfrentados pelo mundo. Para CZ, a crise atual é diferente da crise de 2008, a última grande crise que o mundo viu.

De acordo com CZ, a crise de 2008 não foi causada por uma pandemia, ou seja, a economia global não foi pausada. Além disso, em 2008, a crise atacou as pessoas que se viram sem alternativas para fugir. Dessa forma, CZ apontou que a única solução foi esperar que o sistema se curasse de forma mágica.

Dessa vez, a população mundial já possui as criptomoedas para fugir da impressão em massa de dinheiro dos bancos centrais. O presidente da Binance, uma grande corretora de Bitcoin chegou a afirmar que o novo coronavírus nem é a causa raiz da nova crise, apenas seu gatilho.

Imagem Cortesia da Pixabay

Um dos motivos que os governantes imprimem uma quantidade em massa de dinheiro é para resgatar empresas e bancos. Para CZ, a justificativa é que assim não paralise empresas que os governantes julguem que não devem quebrar. Ou seja, apesar da população pagar as contas de uma criação de dinheiro sem lastro algum, para resgatar empresas que muitos nem conhecem, os bancos centrais continuam com a prática, crise após crise.

Com a impressão de dinheiro, os contribuintes são roubados indiretamente, mas não reclamam muito.

CZ destacou que apesar da população pobre pagar pela conta, muitos não se dão conta das manobras, que por vezes são políticas. Dessa forma, o presidente da Binance destacou que o Bitcoin resolve esses problemas.

Com criptomoedas é diferente. Não há resgates do governo, pelo menos não imprimindo dinheiro. Isso interrompe o ciclo.

Bitcoin pode ser solução que população esperava para sair da crise?

Algo que certamente chocou os leitores do texto de CZ é sua visão sobre o atual sistema financeiro. De acordo com o entusiasta de Bitcoin, o atual sistema financeiro está quebrado.

Além disso, na visão de CZ, a recente queda de preços do Bitcoin foi causada por um momento de tensão em todos os mercados. Com uma analogia, CZ afirmou que o Bitcoin eventualmente irá se recuperar, pois, seus fundamentos estão sólidos.

Digamos que você pegue uma boia de natação, ela funciona e ajudará você a flutuar na água. Agora, digamos que ela esteja ligada ao Titanic enquanto está afundando. Essa ferramenta flutuante o levará à superfície agora? Não, não vai. É porque a ferramenta não funciona mais? Não, as propriedades flutuantes da ferramenta ainda funcionam

O CEO da Binance afirmou que o mercado de criptomoedas em queda pode ter sido um movimento de busca por liquidez em moeda fiduciária. Isso porque, o criptomercado seria muito menor que o de moedas estatais, mas ao “segurar a ferramenta flutuante“, eventualmente um investidor voltará a superfície. Por fim, CZ destacou que o medo com o coronavírus, apresentado como gatilho da crise, irá passar em breve, sendo que o dinheiro poderá voltar com força para as criptomoedas.

No lado positivo, o coronavírus, por mais mortal que seja, passará. Uma vacina será desenvolvida mais cedo ou mais tarde. Por mais que dependemos excessivamente de uma cadeia de suprimentos global, ela está paralisando. Atualmente, nenhuma nação tem uma grande escassez de alimentos. As pessoas que acumulam dinheiro acabarão descobrindo que não precisam mais armazená-lo e o investem novamente.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Bandeira Brasil e Argentina

Brasileiros são traders de Bitcoin, Argentinos são holders

A corretora Ripio é uma startup com sede na Argentina e operações em vários países da América do Sul, inclusive Brasil. De acordo com...
Criptomoedas: Bitcoin e Altcoins

Com queda da dominância do Bitcoin, altcoins fervem

Com uma balança positiva em julho, o mês de agosto já começou com fortes emoções no mercado de criptomoedas. Um detalhe importante registrado neste...
Bitcoin (BTC e Blockchain) na Bandeira da Argentina

Economistas da Argentina desconfiam do Bitcoin como moeda

Nos últimos dias a ONG Bitcoin Argentina organizou um evento importante no país, convidando uma série de especialistas para debates. Alguns economistas que foram...