Criador da 11ª maior criptomoeda do mundo processa a SEC

A intimação da SEC está relacionada ao Mirror Protocol, um protocolo construído dentro da Terra para negociação de ações, e que segundo a Terralabs, é governado de forma descentralizada pela comunidade.

Siga no
Imagem: Shutterstock
Imagem: Shutterstock

Do Kwon, co-fundador da Terraform Labs, está processando a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) após receber uma intimação durante uma conferência da Messari que acabou deixando o organizador do evento enfurecido a ponto de decidir se candidatar a senador.

A Terraform Labs está por trás do desenvolvimento da criptomoeda Terra (LUNA). Hoje ela é a 11ª maior criptomoeda por valor de mercado, com uma capitalização de 96 bilhões de reais.

Segundo Do Kwon alega no processo, a SEC violou as suas próprias leis ao entregar uma intimação de um processo formal em frente a outras pessoas, que testemunharam o ato.

O curioso caso da intimação

Após o evento Mainnet 2021, Ryan Selkis, fundador da empresa Messari que promovia o evento, apareceu no Twitter enfurecido alegando que a SEC teria comparecido no evento e então entregado uma intimação a um dos palestrantes.

“Se você está se perguntando quando eu realmente decidi me candidatar a senador, foi quando esses filhos da p#ta vieram ao meu evento, não compraram um ingresso e entregaram uma intimação a um dos palestrantes.”

Conforme nomes não foram citados na data, muitos especularam alguns projetos de DeFi que estão na mira reguladores americanos. Um deles acertou: Do Kwon, co-fundador da Terraform Labs, responsável pela criptomoeda Terra, de sigla LUNA.

O feitiço virou contra o feiticeiro

O caso tomou um rumo inesperado na sexta-feira, 22 de outubro, quando Do Kwon e a Terraform Labs resolveram processar a SEC alegando que a mesma não seguiu as suas próprias leis, citando que procedimentos investigativos formais devem ser privados e este ocorreu entre 2.000 pessoas, além de outras possíveis irregularidades.

O processo também alega que a intimação de forma pública foi uma “exibição intencionalmente descarada com o objetivo de intimidar e causar embaraço diante do público”, fazendo também com que fosse criada uma especulação da imprensa sobre o caso.

A intimação da SEC está relacionada ao Mirror Protocol, um protocolo construído dentro da Terra para negociação de ações, e que segundo a Terralabs, é governado de forma descentralizada pela comunidade.

Até o momento não houve resposta por parte da SEC.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Há mais de 5 anos trabalhando com criptomoedas, hoje escrevo artigos e notícias para o Livecoins.
Bitcoin na frente com traders desfocados ao fundo

Para Elon Musk, operar criptomoedas alavancado é “loucura”

O bilionário Elon Musk concordou com uma explicação sobre operar Dogecoin e criptomoedas alavancado no mercado é situação de alto risco para investidores. Operações em...
South-Park-Bitcoin

South Park imagina futuro com Bitcoin: “confiamos em esquemas Ponzi”

Qual desenho melhor para prever o futuro? South Park ou Os Simpsons? Ambos praticam a arte de tentar prever como será o mundo, oferecendo...

Carros de luxo são apreendidos em operação contra fraude com criptomoedas em Manaus

Na manhã deste sábado, a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) deflagrou a Operação Blockchain Fake para cumprir mandados de busca e apreensão e desarticular...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias