Cripto bilionários perderam R$ 80 bilhões em nove dias, diz Forbes

Onda vendedora colocou pressão sobre grandes players do mercado, que podem ter perdido mais de R$ 80 bilhões em apenas nove dias.

Siga no
Queda Bitcoin
Queda Bitcoin

A Forbes Crypto fez um levantamento sobre a queda do Bitcoin nos últimos nove dias, que afetou muitos bilionários do mercado. Foi estimado um prejuízo superior a R$ 80 bilhões desde que a moeda começou a cair.

Tudo teria começado no dia 10 de maio, quando o Bitcoin ainda era cotado em US $ 59 mil por moeda. Após dez dias de sangria nos preços, cada BTC segue negociado por US$ 41.700,00 hoje.

O enorme prejuízo com o movimento foi sentido até por quem não era investidor do Bitcoin, que acabou acompanhando o péssimo desempenho de curto prazo da moeda.

A queda foi tão severa que entrou até para a lista das cinco maiores quedas de curto prazo do Bitcoin, de acordo com levantamento da Glassnode.

Maiores quedas do Bitcoin na história, levantamento feito pela Glassnode
Maiores quedas do Bitcoin na história, levantamento feito pela Glassnode

Forbes destaca que a queda do Bitcoin afetou em pelo menos R$ 80 bi os bilionários do mercado

O ano de 2020 terminou promissor para o Bitcoin, após uma valorização de 300% em relação ao dólar em 12 meses. Uma das justificativas para o movimento seria um apoio institucional, que atraiu grandes empresas ao mercado das criptomoedas.

Mesmo assim, o movimento de alta continuou em 2021, com mais valorizações enormes no mercado. A alta, promissora e rápida, acabou nos últimos dias, assustando até bilionários do mercado.

De acordo com a Forbes, os bilionários perderam US$ 15,5 bilhões em apenas nove dias. Ou seja, o prejuízo, em real brasileiro, supera os R$ 80 bilhões.

Segundo o estudo, os bilionários envolvidos com criptomoedas detinham um patrimônio de US$ 62,3 bilhões, que acabou virando US$ 46,8 bilhões.

O bilionário mais afetado pela queda é o fundador da Corretora FTX, que atua também no Brasil, Sam Bankman-Fried, de apenas 29 anos. Em termos de dólar, Sam perdeu mais de US$ 5 bilhões desde o dia 10 de maio.

Gêmeos bilionários do Bitcoin também sentiram a pressão do mercado

Segundo a Forbes, outros investidores que sentiram a queda no mercado foram os gêmeos Winklevoss. Famosos por fazer fortuna após um processo contra o Facebook, os irmãos perderam 24% do patrimônio nos últimos dias.

Percentualmente falando, o estudo revelou que o maior perdedor é Michael Saylor, CEO da MicroStrategy. Ele teria 45% dos seus investimentos realizados em Bitcoin, desde o dia 10 até o dia 19 de maio.

Ou seja, muitos investidores que lamentam suas perdas agora compartilham um sentimento em comum com alguns bilionários, que também sentiram os efeitos da queda generalizada do mercado de criptomoedas.

Apesar do movimento vendedor ter preocupado investidores, nesta quinta-feira (20) o preço do Bitcoin voltou a subir mais de 23% em apenas 24 horas, devolvendo aos bilionários uma parte do seu patrimônio.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Tesla. Imagem: Shutter Stock

Elon Musk diz que Tesla voltará a aceitar Bitcoin

A Tesla começará a aceitar Bitcoin novamente quando a maior parte do processo de mineração da criptomoeda for realizado por fontes de energia renováveis,...
Bitcoin regulação. Imagem: ShutterStock

Deutsche Bank diz que Bitcoin “passou dos limites” e não pode mais ser ignorado

A popularidade crescente do Bitcoin está incomodando governos e bancos centrais. A gota d'água foi a legalização da criptomoeda em El Salvador. De acordo...
Bitcoin Liberdade

Bitcoin, o novo Índice de Liberdade Econômica

Bitcoin pode ser a medida de liberdade mais neutra do mundo que nenhum país pode acusar de ter preconceito ocidental, ao contrário de alguns...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias