Criptomoeda de Miami já perdeu 90% de seu valor

Prédios da cidade de Miami, nos EUA.
Cidade de Miami, nos EUA.

A MiamiCoin (MIA), criptomoeda não-oficial da cidade de Miami, nos EUA, já perdeu 90% de seu valor desde seu topo histórico. Tal queda acentuada levanta dúvidas sobre a demanda por essa moeda, podendo ser apenas mais uma shitcoin no mercado.

Embora Francis Suarez, prefeito de Miami, tenha dado apoio ao projeto, o mesmo já afirmou que tem suas dúvidas se a MiamiCoin funcionará. Afinal o mercado já está altamente fragmentado por conta de tantas moedas.

Talvez este seja mais um alerta de que o Bitcoin deveria ser o foco de toda comunidade conforme muitas shitcoins aparecem prometendo maravilhas e então caem no esquecimento de todos após um breve período.

MiamiCoin (MIA) despenca 90% desde topo histórico

Apesar de uma surpreendente alta de 400% neste mês de maio, a MiamiCoin (MIA) não parece um investimento tão bom. Afinal, desde seu topo histórico a MIA já perdeu 90% de seu valor. Portanto, agora precisa subir cerca de 1.065% para retornar aquele valor.

Anteriormente, em fevereiro, o próprio prefeito de Miami, Francis Suarez, já havia se mostrado preocupado com a ideia. Após afirmar que ela poderia não funcionar, lembrou que nem todas as inovações dão certo.

“Não sei se vai dar certo ou não, a inovação nem sempre funciona.”

MIA/USD, gráfico diário. Fonte: TradingView

A própria queda da MiamiCoin, de US$ 0,058 para US$ 0,0051, é um bom sinal disso. Afinal, muitos investidores podem não acreditar que criptomoedas e governos formem uma boa dupla, conforme estes últimos geralmente estão lutando contra elas.

Miami está de olho no Bitcoin

Deixando a MiamiCoin (MIA) de lado, é válido lembrar que o prefeito de Miami foi um dos políticos que quis receber seu salário em Bitcoin (BTC). Tal comportamento também foi observado em Nova York, com Eric Adams, prefeito da cidade.

Esta “disputa” seria uma tentativa de atrair grandes players da indústria para suas cidades, gerando renda as mesmas. Estando Miami em vantagem por hospedar a maior conferência de Bitcoin em abril deste ano.

Contudo, a queda de preço da MiamiCoin pode ser um grande aviso de que o mercado já está saturado de novas moedas e que o Bitcoin já resolve grande parte dos problemas atuais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias