Novo prefeito de Nova York quer receber salário em Bitcoin

Em resposta ao prefeito de Miami, Francis Suarez, Eric Adams entrou na disputa para ver quem será o primeiro a aceitar BTC como pagamento.

Eleito prefeito de Nova York nesta quarta-feira (3), Eric Adams agora quer receber os seus três primeiros salários em bitcoin. Esta é uma disputa entre ele e o prefeito reeleito de Miami, Francis Suarez, para ver quem será o primeiro político americano a receber em Bitcoin.

A estratégia é na verdade uma grande jogada de marketing com um plano maior, transformar a cidade no maior centro de criptomoedas, atraindo empresas que pagarão impostos, bem como melhorar a vida financeira deste grupo cuja tendência é começar a aceitar bitcoin com maior frequência.

Além de cidades, outros setores também estão nesta corrida, como bancos que neste ano começaram a oferecer serviços ligados a compra e custódia de bitcoin. Ninguém quer ficar para trás.

Prefeito de Nova York quer receber em Bitcoin

Em resposta ao prefeito de Miami, Francis Suarez, Eric Adams entrou na disputa para ver quem será o primeiro a aceitar BTC como pagamento. Ele triplicou sua entrada ao dizer que quer ser pago não apenas por um mês, mas sim nos três primeiros meses.

“Em Nova York, nós sempre apostamos alto, então vou receber meus primeiros TRÊS salários em Bitcoin quando me tornar prefeito. NYC será o centro da indústria de criptomoedas e de outras indústrias inovadoras e de rápido crescimento! Apenas espere!”

Primeiramente, esta é mais uma jogada de marketing do que qualquer outra coisa. Eric Adams poderia facilmente pegar seu salário, estimado em cerca de 17 mil dólares (R$94 mil), e usar uma exchange para converter este montante em BTC.

Todavia, os planos de Eric Adams são maiores, o prefeito quer transformar a cidade no centro das criptomoedas, atraindo empresas e pessoas qualificadas deste que atualmente é um dos setores com maior potencial de geração de emprego e renda.

Caso consiga tornar-se um centro tecnológico, assim como foram Palo Alto, São Francisco e Santa Clara, na Califórnia, região conhecida como Vale do Silício,

A intenção de Adams é ser o novo Vale do Silício, região composta de cidades como Palo Alto, São Francisco e Santa Clara, que tornou-se ícone pelo grande número de empresas de tecnologia como Google, Facebook e Apple. Sendo uma aposta óbvia para quem depende de impostos para gerar mais melhorias.

Bitcoin como moeda, demanda precisa vir antes

Além disso, tornar o Bitcoin uma moeda comum entre pessoas e empresas também é outro benefício, visto que este grupo poderá beneficiar-se da geração controlada de novas moedas do BTC, teoricamente deixando-as com maior poder de compra no futuro. Bem como atraindo turistas que desejam usar BTC de forma direta.

Hoje ainda é muito difícil encontrar estabelecimentos que aceitem Bitcoin como meio de pagamento, afinal faz pouco sentido treinar seus funcionários para isso e ter poucos clientes requisitando tal facilidade.

Deste modo atitudes como a dos prefeitos de Nova York e Miami são essenciais para a adoção do Bitcoin. Por serem pessoas públicas com ampla audiência, eles podem fazer com que mais pessoas comecem a aceitar seu salário em bitcoin.

Por fim, mais pessoas vão querer pagar com BTC, pressionando que empresas comecem a aceitar a moeda como forma de pagamento para serviços e produtos. Eliminando a necessidade de converter BTC para moedas fiduciárias, como dólar ou real.

Esta corrida já está acontecendo em outros setores, como da mineração que migrou em massa para os EUA após o banimento da China. Bem como por bancos que, neste ano, estão expandindo seus serviços para atrair clientes que desejam aproveitar os benefícios do Bitcoin.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias