Sequestro envolvendo criptomoedas e lançador de granadas termina com policial baleada

Caso em Florianópolis na madrugada do último dia 3 de outubro.

Um sequestro em Florianópolis relacionado com a perda de criptomoedas da vítima chamou atenção pela violência dos criminosos, que deixaram até uma policial baleada no local.

Nos últimos anos, vários casos de sequestros de investidores de criptomoedas ocorreram em todo o Brasil, principalmente em situações que podem envolver golpes aplicados contra investidores.

Buscando vingança, investidores lesados recorreram à intimidação dos golpistas para buscar reaver seus investimentos. Em 2019, por exemplo, a mãe e ex-cunhada do “rei do bitcoin” chegaram a ser supostamente sequestradas, amarradas e ameaçadas de morte, após o golpe do Grupo Bitcoin Banco ser declarado.

Naquele ano, um líder da Unick foi assassinado em Curitiba, embora a polícia não tenha confirmado na época nenhum tipo de relação da morte com o fato da vítima ter promovido a empresa que tinha um esquema de pirâmide.

Após perder criptomoedas, vítimas sequestram brasileiro em Florianópolis

Um crime na madrugada do último domingo (3), ocorrido em Florianópolis, chamou atenção da comunidade de criptomoedas.

Tudo ocorreu quando a vítima chegava em uma residência alugada, quando foi abordado por quatro homens fortemente armados em um veículo Voyage vermelho. O endereço era na Rua dos Arenques, em Jurerê Internacional.

Carro utilizado pelos criminosos para sequestrar investidor de criptomoedas
Carro utilizado pelos criminosos para sequestrar investidor de criptomoedas. Foto: PM-SC.

Durante a fuga dos criminosos com a vítima, várias guarnições da Polícia Militar de Santa Catarina foram abordadas. Neste momento, foi iniciado um certo aos criminosos, que fugiram pela SC-401.

No local, policiais da Polícia Militar Rodoviária avistaram o veículo e tentaram impedir a fuga dos criminosos, quando uma troca de tiros foi iniciada.

A vítima é natural de Canoas (RS), e era procurado pelos sequestradores após perder criptomoedas deles. Não está claro se era algum esquema de pirâmide local e os nomes dos envolvidos não foram divulgados pelas autoridades.

Criminosos estavam fortemente armados e deixaram policial baleada

Ao trocar tiros, os criminosos atingiram a perna de uma policial militar rodoviária, que foi levada para um hospital, passou por uma pequena cirurgia e não corre riscos.

Com a resistência dos policiais, três dos quatro ocupantes do veículo fugiram a pé em direção a um manguezal do Itacorubi, enquanto o condutor do carro fugiu sozinho em direção ao centro de Florianópolis.

Aproveitando a oportunidade, a vítima se jogou para fora do veículo e acabou se libertando dos criminosos.

No manguezal, houve nova troca de tiros, mas os policiais não conseguiram prender nenhum dos criminosos fortemente armados.

Já o condutor do veículo que fugiu foi capturado por agentes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e com ele foi encontrado um lançador de granadas, com o símbolo do Flamengo. O motorista dos criminosos foi preso no local.

Lançador de granadas em posse de criminosos de sequestro de criptomoedas
Lançador de granadas em posse de criminosos. Divulgação: PM/SC

As buscas pelos suspeitos continua com agentes especializados da PM de Santa Catarina.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias