CVM dos EUA abre investigação contra Binance por emissão do BNB em 2017

Token da corretora sob investigação, mas CEO não está preocupado.

Binance Coin próxima de tela de negociações BNB com BUSD
Binance Coin próxima de tela de negociações BNB com BUSD

A CVM dos EUA (SEC), abriu uma investigação contra a corretora Binance pela emissão de sua própria moeda, a Binance Coin (BNB). Em valor de mercado, esse token atualmente ocupa a 5.ª posição do ranking, sendo uma das principais negociações dos traders de criptomoedas.

Vale lembrar que o BNB foi criado em 2017, em um processo conhecido como Oferta Inicial de Criptomoedas, popularmente conhecido como ICO.

Desde que essa inovação com criptomoedas foi lançada, várias empresas já captaram dinheiro pelo método, que é uma evolução do crowdfunding. Dessa forma, a Binance já estaria sendo novamente investigada pela prática, que pode se enquadrar como valores mobiliários.

CVM dos EUA abre investigação contra Binance pela criação de BNB em 2017

Combustível do ecossistema da corretora, a Binance Coin foi criada em 2017 em um processo público, que já foi analisado no passado pelas autoridades. Em fevereiro de 2022, a moeda foi renomeada para Build and Build (BNB), com uma campanha da corretora de retirar seu nome da rede e seu token.

Contudo, na última segunda-feira (6), a Bloomberg divulgou que a CVM dos EUA abriu uma investigação contra a Binance, para apurar o lançamento de sua própria moeda em 2017.

Segundo a cobertura do assunto, o governo dos EUA e a agência de fiscalização estão avaliando uma série de ICOs que podem ter cometido irregularidades nos últimos anos. A Binance está sob avaliação da agência, ainda que o processo não seja público nesta fase.

Ainda que a SEC não tenha comentado o caso, a Binance disse que trabalha com os reguladores, sendo transparente com todas as dúvidas para que o caso seja resolvido da melhor forma.

Vale lembrar que em 2021 a Binance passou por forte pressão em vários países, sendo banida de alguns. Nos Estados Unidos a principal plataforma do grupo não opera, com a Binance.US sendo a única a funcionar no país, seguindo todas as leis locais.

CZ compartilhou mensagem que afirma que em última investigação nada irregular foi encontrado

Publicamente, a corretora Binance comentou sobre a possível nova investigação que pesa contra seu ecossistema de moedas, mas deixando claro que está colaborando com as investigações.

No entanto, o CEO da Binance, CZ, compartilhou uma mensagem de um internauta pelo Twitter, em que ele afirma que o processo havia sido aberto pela SEC há um ano, mas não resultou em penalidades para a corretora.

Dessa forma, fica claro que o empresário chinês, um dos mais ricos do mundo, está tranquilo com o novo procedimento e confiante que pode não resultar em danos para sua empresa.

Mesmo assim, a cotação da BNB cai 10% nas últimas 24 horas, deixando a moeda com preço de US$ 280,35. Em Real o BNB já custa R$ 1.336,00, segundo informações do Mercado Cripto.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias