Dataprev: Blockchain é o caminho para que o Brasil evolua

Fala é sobre a sociedade 5.0!

-

Siga no
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC Blockchain)
Cristo Redentor e Bitcoin (BTC)
Anúncio

A tecnologia blockchain tem sido muito discutido no governo do Brasil, chegando ao Dataprev. Esta que é um órgão ligado ao Ministério da Economia, está de olho nas tecnologias emergentes.

Certamente não é só a tecnologia blockchain que está a ser analisada, mas também IoT, Inteligência Artificial, entre outros. De fato, o governo já fala até em sociedade 5.0, conceito que significa a criação de uma organização social baseada nas tecnologias.

A mudança na visão da nova política digital seria reflexo de uma sociedade mais exigente. Além disso, há a intenção de criar serviços públicos que funcionam todos os dias, ou seja, 24 horas.

Blockchain será fundamental para evolução do Brasil, afirmou diretor da Dataprev em recente evento

Anúncio

A Dataprev é um dos vários órgãos ligados ao Ministério da Economia, atualmente dirigido por Paulo Guedes, ligado a Previdência. Fundada em 1974 pela Lei N.º 6.125, o Dataprev possui cerca de três data centers pelo país que realizam principalmente a gestão das informações do INSS.

Durante o 1º Encontro de Dirigentes da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, ocorrido nos últimos dias, o diretor André Côrte compartilhou sua visão otimista. Foram mais que 90 tecnologias apresentadas para o público presente que foram implementadas no último ano.

Não é possível dar um passo atrás e entregar menos que o cidadão recebe hoje. A sociedade quer mais serviços digitais e eles precisam ter qualidade

Dentre as tecnologias apresentadas estavam a blockchain, IoT, Big Data, que na visão de André coloca o Brasil em destaque. Para Côrte, “[as tecnologias] é o caminho para que o Brasil chegue ao patamar de países como Japão, que já integrou a população ao dia a dia da população“.

Desafios da modernização são grandes

Para outro diretor da Dataprev no Brasil, os desafios da modernização com as novas tecnologias, por exemplo, blockchain e IoT, são grandes. Dentre os vários, destacam-se as mudanças na infraestrutura governamental, que passou por várias mudanças para suportar a nova realidade.

De acordo com Thiago Oliveira, o novo cenário exige resiliência, além da disponibilidade e desempenho das soluções. As paradas para correções também devem ser mais eficientes, demorando menos tempo assim como aconteceu na Fórmula 1, destacou Oliveira.

Passamos de um modelo em que os serviços eram prestados em uma agência física, de segunda à sexta-feira, em horário comercial, para um modelo com agências físicas e digitais, home office e autosserviço. Isso significa trabalho contínuo 24 horas por dia, sete dias por semana

Para dar conta dos novos desafios até um treinamento foi adquirido pelo órgão nos últimos dias. A Dataprev comprou um treinamento da Blockchain Academy, que irá capacitar os servidores no Brasil. O treinamento será dentro das instalações do Dataprev no Rio de Janeiro, conforme publicado no Diário Oficial da União nos últimos dias.

A meta da Dataprev é chegar a dezembro de 2020 com desempenho de 99% dos serviços oferecidos. Com isso, os trabalhadores estão sendo preparados para o novo cenário com capacitação e novos modelos de equipes.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
CVM - Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (Bitcoin, Criptomoedas, Investimentos, Pirâmides)

CVM terá eventos sobre criptomoedas em outubro

A Comissão de Valores Mobiliários do Brasil participa, no início de outubro próximo, da semana mundial do investidor. Entre os temas, a CVM terá...

EUA prende membro de um dos maiores grupos de hackers do mundo

Nathan Wyatt, membro de um grupo de cibercriminosos que extorquiam Bitcoin, se declarou culpado e foi sentenciado pelo Departamento de Justiça dos EUA por...
Compra de Bitcoin

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....

Últimas notícias

CVM terá eventos sobre criptomoedas em outubro

A Comissão de Valores Mobiliários do Brasil participa, no início de outubro próximo, da semana mundial do investidor. Entre os temas, a CVM terá...

EUA prende membro de um dos maiores grupos de hackers do mundo

Nathan Wyatt, membro de um grupo de cibercriminosos que extorquiam Bitcoin, se declarou culpado e foi sentenciado pelo Departamento de Justiça dos EUA por...

Governo da Noruega compra Bitcoin

Uma empresa que fez a compra de R$ 1,3 bi em Bitcoin como reserva de valor em agosto continua a repercutir na comunidade cripto....