Day Trade (Intraday)

Day Trade (Intraday)

Ao analisar a estratégia de Swing Trade já temos uma visão do que seria o famoso Day Trade (também chamado Intraday). O Day Trade trabalha com abrir uma posição em um determinado dia e fechar no mesmo dia, seja uma operação de compra ou mesmo uma operação de venda, como o mercado não fecha mesmo na madrugada podemos considerar Day Trade uma operação que dure menos de 24 horas.

Podemos encarar da seguinte forma: estar comprado em Bitcoin é realmente comprar o mesmo em troca de alguma moeda fiat ou criptomoeda. Ficar vendido é o processo contrário. A forma que optar trabalhar é a que melhor se encaixa na estratégia do trader, há quem goste de trabalhar comprado e há quem goste de trabalhar vendido, mais atenção a detalhes é que faz a diferença entre o sucesso e a lama.

No Day Trade o trader pode fazer quantas operações de compra/venda por dia julgar necessárias seguindo a sua estratégia, mais essa é uma estratégia que representa alto risco, em um mercado já de alto risco. Logo, conseguir um retorno de 20% por exemplo ao dia pode ser excelente, mais perder 20% em um dia é triste. Coloquemos em termos práticos, se tiver R$ 1000 pode ter R$ 200 de lucro ou prejuízo. Comentaremos sobre gerenciamento de risco no próximo capítulo.

Ao trabalhar no intraday, pode se considerar tempos gráficos de dias para conhecer a tendência principal em que se encontra o ativo, ou não, isso cabe a cada investidor. O importante é definir uma faixa de horas a se trabalhar, como por exemplo analisar tempo gráfico de 30 minutos. O tempo gráfico possui ruídos, quanto maior o tempo gráfico menos ruídos na análise e quanto menor o tempo gráfico mais ruídos na análise. Com ruídos queremos explicar interferências de scalpers e baleias que manipulam o mercado em operações que duram segundos ou mesmo poucos minutos podendo comprometer as operações de day trade severamente para quem opera em poucos minutos.

Estipular uma porcentagem do investimento para Day Trade e não ultrapassar o seu limite faz parte da estratégia, mais fato é que quanto maior o risco maior os ganhos. Logo desprezar o Day Trade por ser avesso a riscos é ficar alheio a oportunidade de ter bons ganhos. É fato que se paga mais taxas nas corretoras fazendo mais operações e que isso deve ser considerado como parte dos custos da transação, nunca se esqueça desse detalhe.

Como no capítulo dobre Swing Trade fizemos um exemplo prático com as médias móveis, no Day Trade iremos fazer de forma igual e assim poderá ser percebido a quantidade de operações realizadas em cada estratégia:

 

Day trade - Gráfico 2
Gráfico 2

A estratégia de médias móveis de 8 períodos foi utilizada no Gráfico 2, pois já a conhecemos do Capítulo 4, e é possível identificar a quantidade de operações extras que podem ser feitas no intraday dependendo do tempo gráfico utilizado. Para cuidar dessa estratégia deve se ter tempo para dedicar ao estudo e análise de oportunidades, como o mercado não fecha para balanço isso pode ser feito em qualquer tempo livre, mesmo na madrugada.

No Gráfico 2 temos um gráfico extraído da Bitfinex, foi utilizado o tempo gráfico de 60 minutos (1 hora) e a estratégia a ser analisada era observar um fechamento de candle acima da média móvel de 8 períodos e entrar na operação comprando. Perceba que o gráfico têm um início com os candles abaixo da média, nesse ponto aguardamos a estratégia dar um sinal claro de entrada. Quando o candle das 4 horas fecha fica acima da linha da média móvel e temos a confirmação de entrada na operação. Só iremos sair da operação se um candle fechar abaixo da linha da média móvel ou tocar o Stop (veremos sobre stop no próximo capítulo), de forma que no Gráfico 2 nãoa acontece um fechamento de candle abaixo da linha e mantemos a posição comprada. Perceba que o candle das 06:00 horas ameaça fechar abaixo mais a força vendedora não se confirma até o fechamento. **Estamos utilizando uma estratégia de observar o fechamento dos candles e não extremos (pávios) da vela.

Há no Brasil vários traders da madrugada, quando no oriente é dia, buscando operar em horários onde o mercado possui mais volume nas exchanges e essa estratégia não é estranha ao pensar que o mercado asiático possui grande influência e boa parte do mercado, logo então fica aqui uma dica aos iniciantes de melhores momentos para buscar oportunidades de trade. O trader deve sempre observar o volume das operações em análises técnicas para garantir a força de uma tendência.

Há no mercado vários robôs (bots) que operam com indicadores técnicos, várias traders que buscam alavancagem para suas operações e aconselhamos que de início não busque uma forma fácil e nem rápida de ganhar dinheiro, busque consistência, afinal 2% ao dia é 60% ao mês sendo surreal a quem ainda não conhece o mercado cripto e isso não é impossível de acontecer, porém não é fácil se manter, logo pés no chão e fique ligado no próximo capítulo dessa série.

Não poderia deixar de mencionar como de costume que não ensinamos aqui uma técnica vencedora e nem recomendamos a compra de nenhum ativo utilizando esse método, somente exploramos de forma simples e objetiva uma das formas de se fazer análise técnica e setups, mais existem milhares de formas de se fazer. O mercado das criptomoedas é altamente volátil e você pode perder todo o seu dinheiro, portanto busque aprender mais sobre a tecnologia e invista o que pode perder.

 

Já conhece as carteiras de Bitcoin em forma de Hardware? As melhores e mais famosas do mundo são da empresa Ledger, possui suporte a várias criptomoedas, inclusive a tokens Ethereum, acesse o seguinte link e compre a sua agora mesmo com segurança e renome na comunidade Bitcoin Brasil do Facebook: Jr Envios – Ledgers

Link para cadastro na Binance aqui!

 

Próximos capítulos da série sobre trade: