Dinheiro é lixo, diz bilionário Ray Dalio em Davos

Eles podem imprimir mais!

-

Siga no
Ray Dalio em Davos 2020
Ray Dalio em Davos 2020 - Reprodução/CNBC Television
Anúncio

Certamente o tema dinheiro é um assunto polêmico nos dias atuais, mas em Davos, Ray Dalio colocou mais lenha nesta fogueira. Isso porque, ao ser questionado sobre o cenário global, o famoso investidor deu sua sincera opinião.

Para quem não conhece, Ray Dalio é o fundador de um famoso fundo de hedge nos EUA, chamado Bridgewater Associates. A fundação deste foi em 1975, sendo considerado uma tradicional empresa de investimentos.

Ray costuma compartilhar suas opiniões, que não são muito otimistas nos últimos tempos. Em 2019, por exemplo, Ray Dalio afirmou em um relatório que as pessoas devem ficar atentas para guardar valor em ativos fora do dinheiro impresso pelos bancos centrais.

Anúncio

Dalio lembrou, na época, que o dinheiro fiduciário, como é chamado a moeda impressa por essas instituições, é facilmente manipulado. Essa opinião, inclusive, continua forte no início de 2020.

Na edição de Davos em 2020, Ray Dalio afirma que “Dinheiro é lixo”

Bem-humorado, o fundador da Bridgewater deu uma entrevista para a CNBC na última terça (21). Em certo momento, Ray Dalio pôde fazer uma piada com “Cash is trash“, que na tradução literal significa “Dinheiro é lixo“.

Dessa forma, o analista do mercado financeiro reafirmou sua descrença no atual sistema de dinheiro que funciona na maior parte dos países: banco central. Ray Dalio certamente é um defensor do ouro, que funciona como reserva de valor há séculos.

Além disso, o homem disse na entrevista que os bancos centrais podem imprimir mais dinheiro a qualquer momento. A prática é chamada de Quantitative Easing (QE), tendo sido conduzida pelos BCs do mundo em 2019 e 2020. Ou seja, para Ray Dalio, quando há uma impressão em massa de dinheiro, você deve pular fora dele.

Neste ponto, o homem afirmou que os investidores devem buscar a criação de um portfólio de investimentos duro, que seja global. Ray Dalio defendeu ainda que um portfólio de investimentos deve ser balanceado, de forma que fique seguro de crises.

Quais as premissas para criar um bom portfólio de investimentos sem dinheiro nele, segundo Ray Dalio?

Como um analista de longa data e com certa propriedade para falar, Ray Dalio afirmou que ter um pouco de ouro é fundamental. Contudo, não apenas o ouro seria importante, mas sim um ativo que seja duro de ser desvalorizado. Em 2019, Dalio afirmou que as pessoas devem buscar estudar e conhecer outros ativos além do ouro neste quesito.

Em certo ponto, o jornalista da CNBC questionou se Dalio compraria Bitcoin, assim como considera comprar ouro. Para Ray Dalio, a volatilidade do Bitcoin ainda atrapalha a moeda de ser utilizada como uma reserva de valor segura.

Há dois propósitos para o dinheiro: reserva de valor e meio de pagamento. E o Bitcoin não é nenhum desses dois casos, por agora.

Ray não quis criar polêmica com a questão, mas afirmou que o ouro é uma reserva de valor há centenas de anos. Mesmo assim, afirmou que a Libra, criptomoeda do Facebook, poderia ser uma reserva de valor melhor que o Bitcoin, uma vez que a moeda seria de preço estável.

Em resumo, o Ray Dalio afirmou que um portfólio deve ser global, balanceado e conter um pouco de ouro. Para o analista, essa combinação cria um portfólio forte, que poderia aguentar uma crise econômica que virá em breve.

Mesmo sem aval de Ray Dalio, Bitcoin pode ser item importante em um portfólio

Considerando a fala de Ray Dalio, o Bitcoin é mais global que o ouro. Na parte global, o Bitcoin é uma moeda digital que funciona pela internet, já presente no mundo todo. Além disso, há fácil transporte deste para qualquer país, algo difícil de acontecer com o ouro.

Já na parte de criar um portfólio balanceado, o Bitcoin tem sido cada vez mais colocado em portfólios de fundos de hedge. Um estudo da Binance Research em 2019 afirmou que 1% a 5% de Bitcoin em um portfólio reduz riscos e aumenta a rentabilidade. Já o Primo Rico, famoso youtuber brasileiro, acredita que 2% seria um percentual interessante.

Na questão de ser um ativo forte utilizado como reserva de valor, o Bitcoin tem se provado cada vez mais. Na Venezuela a criptomoeda já foi amplamente testada, além da Argentina, Turquia e recentemente Irã. Ou seja, apesar da sua volatilidade, algumas populações já buscaram refúgio de crises locais na moeda digital.

Certamente que um item não excluí o outro, podendo haver uma combinação de ouro e Bitcoin em um portfólio. Dessa forma, ter duas formas de ativo forte poderia dar ainda mais saúde financeira a um investidor cauteloso.

Confira a entrevista sobre dinheiro de Ray Dalio para a CNBC em Davos no vídeo abaixo:

Outro analista em Davos prevê crise em breve, “bolha do mercado financeiro”?

De acordo com Paul Tudor Jones, também na edição de Davos em 2020, bilionário e gerente de fundo de hedge, o “cenário do mercado de ações está feio“. Isso porque o comportamento das ações está semelhante ao mercado de 1999, antes da bolha da internet.

Esta última que estourou em 2001, levou os preços das ações de tecnologia para desvalorizações gigantes e muitas empresas faliram. Dessa forma, Paul afirmou que o momento é de cautela para quem quer permanecer comprado nos mercados financeiros.

Estamos no momento mais louco da história monetária, muito explosivo[…]

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Leia mais

Venezuela e Bitcoin

Quais os riscos da Venezuela minerar Bitcoin?

A Venezuela publicou um novo decreto mostrando que deve começar a minerar Bitcoin, mas alguns riscos podem envolver a prática. No país, há uma...
Nouriel Roubini

Nouriel Roubini ataca DeFi: “é um vaporware”

O termo DeFi toma as manchetes do mercado de criptomoedas e de economistas renomados em 2020. De acordo com o analista financeiro Nouriel Roubini,...

Empresa vai dar criptomoedas para quem plantar árvores

Um dos problemas que preocupam a sociedade atualmente é a emissão de carbono e as mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global. Para tentar achar...

Últimas notícias

Nouriel Roubini ataca DeFi: “é um vaporware”

O termo DeFi toma as manchetes do mercado de criptomoedas e de economistas renomados em 2020. De acordo com o analista financeiro Nouriel Roubini,...

Justiça vai atrás de exchanges internacionais em ação de R$ 65 milhões contra a Atlas Quantum

A Justiça de São Paulo determinou que oito exchanges internacionais promovam o bloqueio de qualquer ativo digital depositado pela Atlas Quantum. A decisão foi proferida...

Empresa vai dar criptomoedas para quem plantar árvores

Um dos problemas que preocupam a sociedade atualmente é a emissão de carbono e as mudanças climáticas causadas pelo aquecimento global. Para tentar achar...