Duas empresas não param de comprar Bitcoin

Bitcoins sendo iluminados dentro de carteira roubados encontrados
Bitcoins sendo iluminados dentro de carteira

A compra de bitcoins por empresas está sendo cada vez mais comum para usar a maior criptomoeda do mundo como reserva de valor. Nesta quinta-feira (9) a Phunware anunciou a compra de 100 BTC, já a MicroStrategy outros 1.434 BTC.

A divulgação destas compras acontece enquanto ursos e touros brigam para decidir se o Bitcoin mantem-se acima ou abaixo da marca dos 50.000 dólares. No momento desta redação, ele está apresentando uma queda de 2,5% em relação a ontem, sendo cotado a 48.898 USD por unidade.

Devido a sua impressão controlada de novas moedas e limite máximo de oferta, 21 milhões de unidades, o Bitcoin vem sendo procurado por indivíduos e empresas que desejam escapar de políticas monetárias estatais que fazem com que suas moedas só desvalorizem ao longo do tempo.

MicroStrategy não para de comprar Bitcoin

Michael Saylor, fundador e CEO da MicroStrategy, anunciou em suas redes sociais nesta quinta-feira (9) que a empresa comprou mais 1.434 BTC por 82,4 milhões de dólares, equivalente a 458 milhões de reais em conversão direta.

Segundo informações, a empresa pagou 57.477 dólares por cada bitcoin, sendo provável que a MicroStrategy tenha comprado estes bitcoins na última sexta-feira, antes do BTC cair para a faixa dos 50.000 dólares.

“A MicroStrategy comprou mais 1.434 BTC por 82,4 milhões de dólares”

Apesar desta compra estar representando uma perda de cerca de 15%, a MicroStrategy possui 122.478 BTC em caixa, adquiridos por um preço médio de 29.861 dólares por moeda. Ou seja, ela está com um lucro total de 61% no momento.

Phunware entrou na festa

A Phunware, empresa americana focada em soluções de software e blockchain, também começou a utilizar o Bitcoin como reserva de valor recentemente. Mostrando que há uma crescente demanda institucional pela maior criptomoeda do mundo.

Em anúncio publicado nesta quinta-feira (9), a empresa afirma que comprou mais 100 BTC por um preço de 49.750 dólares por cada BTC, totalizando um montante de quase 5 milhões de dólares (R$ 28 milhões).

No total, a Phunware está com 630 BTC em caixa, adquiridos por um preço médio de 58.513 dólares. Embora com prejuízo de cerca de 17% no momento, está última compra reduziu o preço médio de suas compras.

Atualmente o Bitcoin vem sendo utilizado por diversas pessoas e empresas para fugir da inflação. Isso inclui empresas de diversos portes, como pequenos restaurantes e até mesmo grandes empresas listadas na bolsa, como é o caso da MicroStrategy, Tesla e Square. Quanto aos países, por enquanto El Salvador ainda é o único que prefere bitcoin ao invés de ouro.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias