Edward Snowden faz alerta sobre o Metaverso

Snowden está o modo como desenvolvedores de jogos criam escassez artificial em um mundo que já ultrapassou os limites da escassez, usando a tinta de parede como um exemplo.

A conferência BlockDown 2021, realizada nesta sexta-feira (3), reuniu dois grandes nomes da nossa geração, de um lado Edward Snowden, Presidente do Freedom of the Press, e do outro Gavin Wood, cofundador da Polkadot e Ethereum. O principal assunto foi a web 3 que inclui o tão falado metaverso.

Embora a opinião dos dois convidados seja diferente em muitos aspectos, principalmente por Snowden levantar questões que, segundo ele próprio, podem fazer com que o progresso da web 3 seja tão ruim quanto foi o da web 2.

Outro ponto abordado foram as stablecoins que com pontos centrais de autoridade e falha, ainda continuam sendo uma espécie de mais do mesmo, quando comparamos ao sistema bancário atual. Como solução, Snowden fez menções a stablecoin DAI, cujo lastro é baseado em colaterais, em excesso, vindos de outras criptomoedas.

Escassez desnecessária

Dentre as principais críticas de Snowden está o modo como desenvolvedores de jogos criam escassez artificial em um mundo que já ultrapassou os limites da escassez, usando a tinta de parede como um exemplo.

“As pessoas chegam em casa exaustas [de seus trabalhos], comem sua refeição barata e então ligam seus dispositivos para escapar de tudo isso e, em seguida, estão em seu mundo digital, em uma bela ilha, onde construíram uma bela casa, porém para mudar a cor da parede, é preciso pagar 19,99 por isso, ou por um token para ter a chance de talvez conseguir recolorir a sua parede.”, disse Snowden

“Há algo horrível e hediondo e trágico nisso”

Continuando seu pensamento, Snowden afirmou que existe uma grande diferença entre tokenizar e negociar um item, que um usuário demorou horas para fazer, do que criar uma escassez artificial cujo único objetivo é beneficiar uma pequena classe de investidores que lucrarão com essas compras.

Por fim, ele também focou suas críticas nas chamadas caixas de loot, nas quais os jogadores possuem chances de obter itens mais raros, porém estatisticamente perdem dinheiro. Segundo Snowden, esta tática que já é utilizada há anos continuará sendo aproveitada por desenvolvedores no metaverso, desvirtuando o que poderia ser uma boa evolução.

Stablecoins

O início da conversa também foi marcada pela visão de Snowden sobre as stablecoins e CBDCs. Segundo ele, as empresas por trás de stablecoins como USDC da Circle, são uma péssima ideia já que elas podem congelar endereços ao colocá-los em uma lista negra e  então queimar tokens de quaisquer usuários.

“Uma moeda estável (stablecoin) que tem uma lista negra, na minha opinião, não é uma moeda estável”

Embora pareça e seja simples, esta fala de Snowden é bastante profunda. Quando você utiliza uma stablecoin, está considerando que suas moedas possuem um valor estável — neste caso de 1 dólar para cada token —, apesar disso, se uma empresa tem o poder de confiscar suas moedas, ela já não é estável de qualquer modo.

Enfim, o que podemos retirar desta conversa é que é necessário estar atento as armadilhas que as criptomoedas, a web 3 e o metaverso tem para nos oferecer. Caso contrário, estaremos repetindo os mesmos erros em cima de novas tecnologias.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias