El Salvador aproveita queda para comprar milhões em Bitcoin

Agora El Salvador chegou ao montante redondo de 10.000 BTC em caixa, equivalentes a 1,7 bilhão de reais. Em termos percentuais, o país possui 0,0476% dos 21 milhões de bitcoins, que é a oferta máxima do Bitcoin após todas as moedas serem mineradas.

Botões com a bandeira de El Salvador e moeda física de Bitcoin ao centro.
Botões com a bandeira de El Salvador e moeda física de Bitcoin ao centro.

Nayib Bukele, presidente de El Salvador, anunciou nesta tarde de segunda-feira (9) que seu país comprou mais 500 bitcoins para aumentar as reservas do país. A compra acontece em meio a uma forte queda do Bitcoin, que agora encontra suporte na região dos 30 mil dólares após despencar dos US$ 40 mil.

Para quem acredita no Bitcoin no longo prazo, como no caso de Bukele, tais quedas são ótimas para aumentar sua participação em Bitcoin. Afinal, isso pode ser considerado como um “desconto” conforme outros investidores vendem devido ao medo.

Afastado do Bitcoin, Bukele está concentrado em eliminar as gangues de seu país. Apenas em 30 dias, mais de 19.000 pessoas já foram detidas. Com isso, Bukele chegou a cancelar sua viagem a conferência Bitcoin 2022 e El Salvador também atrasou, e por fim cancelou, o lançamento dos títulos de vulcão, programados para o mês passado.

El Salvador comprou na queda

Através de suas redes sociais, o presidente de El Salvador, Nayib Bukele informou ao mundo que seu país acaba de adquirir mais bitcoins. El Salvador foi o primeiro país a adotar o Bitcoin como moeda oficial e, apesar de não ser tão popular entre seus cidadãos, seu governo continua empilhando moedas.

Pagando um preço médio de 30.744 dólares por cada BTC, bem menor do que as compras anteriores, El Salvador se livrou de 15,37 milhões de dólares (R$ 79 milhões). Tal compra é um bom conselho à quem faz DCA e pensa no prazo.

“El Salvador acabou de comprar a queda! 500 moedas a um preço médio de US$ 30.744. #Bitcoin”

Com isso, agora El Salvador chegou ao montante redondo de 10.000 BTC em caixa, equivalentes a 1,7 bilhão de reais. Em termos percentuais, o país possui 0,0476% dos 21 milhões de bitcoins, que é a oferta máxima do Bitcoin após todas as moedas serem mineradas.

Tal estratégia de compra já foi utilizada anteriormente por Bukele, entretanto as compras anteriores foram feitas por um preço mais alto, como de 48 mil dólares, em dezembro do ano passado. Portanto, esta compra mais recente diminui seu preço médio.

Bukele anda ocupado com gangues em El Salvador

Segundo informações do Gazeta do Povo, El Salvador registrou 19 mil prisões a supostos membros de gangues que estavam aterrorizando o país. Quem segue Bukele no Twitter conseguiu reparar a mudança de foco entre o Bitcoin e a atual guerra contra gangues.

O assunto é tão sério que o presidente de El Salvador cancelou a sua viagem para a conferência Bitcoin 2022, realizada em Miami, EUA, no mês passado. Tal conferência reuniu os maiores nomes da indústria e, sem dúvidas, Bukele seria uma das maiores atrações.

Por fim, embora a queda do BTC pudesse ser outro problema para Bukele, ele acabou transformando-a em uma oportunidade. No momento, muitos acreditam que atualmente a região dos 30 mil dólares é o suporte mais forte do Bitcoin. Portanto, talvez este tenha sido o motivo da compra por El Salvador.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias