Os principais acontecimentos da Bitcoin Conference até agora

Políticos pró-bitcoin, touro futurista, regiões do mundo aderindo à moeda, bitcoin como mecanismo de liberdade, sistema fiduciário uma forma de esquema Ponzi e 90% da população aderindo bitcoin até 2029... tudo isso aconteceu nos últimos dois dias da Bitcoin Conference.

Bitcoin Miami 2022
Bitcoin Miami 2022

A maior conferência do mundo sobre Bitcoin começou esta semana no dia 6 de abril, quarta, e muitas novidades estão surgindo de lá. O evento está sendo patrocinado por diversas empresas que desenvolvem soluções para o bitcoin e usuários.

Quem abriu a conferência foi o prefeito de Miami, Francis Suarez, ao lado de outros membros públicos da prefeitura da cidade. Suarez fez um discurso alegando a necessidade de se eleger candidatos pró-bitcoin, além de ressaltar que o próximo presidente dos Estados Unidos deve ser pró-bitcoin.

O prefeito ainda afirmou que está interessado em aumentar a adoção de bitcoin em Miami, como uma luta contra a inflação ao sistema fiat (sistema fiduciário) e que a moeda deve estar presente na vida dos cidadãos.

Na abertura foi mostrado o touro de Miami, com aspectos futuristas, chifres de ouro e laser eyes, elementos que rementem ao bitcoin. O objetivo é fazer de Miami o novo centro financeiro e tecnológico, deixando de lado Nova York e Wall Street.

Dia 1 – Dia da Indústria

O primeiro dia de conferência, voltado para a indústria, ou seja, empresas e corporações que desenvolvem e aplicam soluções para o bitcoin, não houve grandes novidades ou anúncios.

  • Bitcoin: um ativo Institucional

Image

No entanto, foi possível perceber o avanço do setor institucional no mercado de bitcoin. No painel “Bitcoin, um ativo institucional” foi falado sobre como os grandes investidores e empresas veem hoje o bitcoin. Chris Kuiper, diretor de pesquisa da Fidelity Digital Assets disse que os acionistas da empresa enxergam a moeda como uma ação de tecnologia, e projetam grandes oportunidades de crescimento. 

Natham McCauley, CEO da Anchorage Digital, também afirmou que hoje os clientes da empresa possuem a tese do bitcoin bem mais fundamentada e entendem melhor a moeda, porém, gostariam de ver mais serviços de De-Fi dentro do Bitcoin.

  • Nick Szabo e os pioneiros do Bitcoin 

Uma excelente palestra de Nick Szabo, jurista, criptógrafo e criador do BitGold, serviu para explicar o trabalho dos cypherpunks e da Escola Austríaca de Economia que perduraram por anos e contribuíram para que Satoshi Nakamoto desenvolvesse com maestria o Bitcoin.

Szabo citou os criadores e desenvolvedores dos protocolos hoje presentes no Bitcoin, como o mecanismo de prova de trabalho (PoW), o consenso bizantino e o sistema de carimbo de data e hora (timestamp) presente na blockchain. Tudo isso, infelizmente, não pode ser visto pelos pensadores de seu tempo. No entanto, é presente hoje no Bitcoin.

Image

  • Adoção global do Bitcoin

Em um painel sobre o valor do bitcoin, foi mostrado a curva S de adoção das tecnologias, famosa curva que mostra como as pessoas aderiram aos diversos desenvolvimentos presenciados pela humanidade, como carro e internet. O bitcoin segue um caminho parecido e a estimativa é que em 2029 cerca de 90% das casas americanas usem bitcoin.

No painel sobre a adoção global do bitcoin, o COO do Mercado Livre na Argentina falou sobre os quatro principais países com maior adoção de bitcoin, sendo o Brasil um deles. Ao lançar o produto de compra de bitcoin pela plataforma deles aqui no Brasil, em três meses já haviam atingido 1 milhão de usuários.

Isso demonstra como os países da América Latina usam moedas alternativas porque são extremamente prejudicados pela inflação e pelo sistema financeiro de seus países. Com isso, Charles Cascarilla, CEO e Co-fundador da Paxos, afirmou que o bitcoin é muito mais um mecanismo de reserva de valor do que meio de troca.

Em síntese, no primeiro dia também houve discussões entre os desenvolvedores do Bitcoin Core, que falaram sobre mecanismos de defesa no Bitcoin.

O painel sobre financialização da mineração mostrou como a mineração está sendo adotada pelos institucionais e como é feito o valuation de empresas do setor.

Além disso, várias discussões sobre como pode ser o futuro da Lightning Network, aderindo outros tokens nos canais de pagamento e da mineração, que pode avançar tanto ao ponto de que todas as pessoas em suas casas poderão minerar bitcoin de alguma forma.

Dia 2 – Grandes anúncios da conferência

O segundo dia de evento foi o mais aguardado, pois era o dia de grandes nomes conhecidos do mercado, como Michael Saylor, Jack Mallers e Samson Mow, que fizeram grandes anúncios.

  • Samson Mow e a adoção de bitcoin pelo mundo 

Image

O anúncio mais aguardado foi o de Samson Mow, que relevou a possibilidade de bitcoin como moeda legal, tal qual El Salvador, pela Ilha de Madeira, região autônoma de Portugal e Prospera, região apartada de Honduras.

Além disso, Prospera pretende ser um solo jurisdicional para a emissão de tokens e equitys dentro da Liquid Network. A região irá zerar impostos de ganho sobre capital para promover a entrada de empresas e facilitar a emissão de bitcoin bons na região.

Na apresentação de Mow, a senadora do México também apareceu e disse que está conversando com o presidente do país para implementar bitcoin como moeda legal no país. Afinal, o México vive uma situação financeira muito ruim e 67 milhões de cidadãos lá são desbancarizados, sendo o bitcoin uma forma de inclusão financeira dessas pessoas.

  • Robinhood lança wallet 

A Robinhood, empresa americana de serviços financeiros, que não possui foco direto em ativos digitais, lançou sua wallet para mais de 2 milhões de clientes “qualificados” que estavam na lista de espera.

Além disso, a empresa integrará seu serviço com a Lightning Network, a rede de liquidação de pagamentos do bitcoin, sendo possível realizar trocas de forma rápida e barata. Os anúncios foram feitos pela diretora de produtos da empresa, Aparna Chennapragada.

  • Michael Saylor: o futuro é próspero! 

Junto com Cathie Wood, Michael Saylor explica porque o futuro do Bitcoin é próspero e como os governos estão cada vez mais abertos para a moeda. Eles começaram falando sobre as questões políticas e regulatórias, e como o bitcoin é algo inevitável.

As regulações implicam na volatilidade da moeda, mas ela possui fundamentos muito sólidos. No entanto, Saylor afirma que está mais otimista do que nunca com o bitcoin.

  • Ricardo Salinas e fraude do sistema financeiro tradicional

Image

Ricardo Salinas, o terceiro homem mais rico do México, um bilionário, não teve receio em falar e, de fato, “soltou o verbo”. Salinas disse que os presidentes dos bancos centrais deveriam estar presos pelos crimes que cometem contra a humanidade.

Além disso, Salinas salientou que o sistema fiduciário é uma fraude, que as pessoas não conseguem manter valor na moeda e os principais prejudicados pela inflação são os pobres, que não possuem bens e ações. O sistema fiduciário só favorece os que estão no topo, como políticos (efeito Cantillon).

Por fim, com uma frase de efeito, Salinas disse para as pessoas venderem seus shitcoins (moedas ruins, como as moedas fiduciárias) e comprarem bitcoin.

  • Bitcoin é liberdade

No painel sobre bitcoin como mecanismo de liberdade foi falado como as pessoas podem usar bitcoin hoje para se livrar de guerras e problemas humanitários. O painel foi composto por ativistas da Nigéria, Coreia do Norte e Palestina, que viveram na pele momentos muito tristes em seus países.

Falaram sobre como o dinheiro fiduciário financia guerras e acaba com a vida das pessoas com a inflação, sendo o bitcoin uma forma de luta pela liberdade, por ser um dinheiro livre de qualquer governo.

  • Jack Mallers e o grande anúncio

Image

Sem dúvidas, a palestra de Jack Mallers foi uma das mais esperadas do dia. Afinal, na última edição do evento, Mallers quem anunciou a adoção de bitcoin por El Salvador a partir do projeto da Bitcoin Beach.

No entanto, no evento ontem, Mallers apresentou seu trabalho em parceria com outras empresas para focar na usabilidade do bitcoin. Sendo assim, a wallet Strike (cujo Jack é CEO e fundador) agora é parceira da Shopify e permitirá que vários comerciantes dos EUA aceitem bitcoin como pagamento, através da Lightning Network.

Além disso, Jack afirmou que a NCR, maior provedora de máquinas POS do mundo e a BlackHawk irão aceitar o bitcoin como pagamento.

O evento está sendo transmitido ao vivo pelo canal da Bitcoin Magazine no YouTube e com tradução em português das principais palestras no canal Explica Bitcoin no YouTube.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Eduarda Lobatohttp://eduarda.substack.com
Entusiasta de Bitcoin, Blockchain e outras tecnologias relacionadas ao mundo cripto.

Últimas notícias