Empresa britânica compra Bitcoin como reserva de valor

Companhia é listada na bolsa de valores inglesa e fez uma alocação importante na criptomoeda.

Bitcoin em Londres - Capital da Inglaterra e Reino Unido
Bitcoin em Londres

O Bitcoin é uma moeda digital que tem sido constantemente associada ao ouro. Dessa forma, uma empresa britânica resolver efetuar a compra de Bitcoin para compor sua reserva de valor.

Uma reserva de valor é normalmente uma cesta de ativos que visa proteger o capital no longo prazo. Ou seja, empresas e pessoas compram ativos que julgam ser seguros e ainda sim descorrelacionados das moedas fiduciárias.

Ao longo dos séculos, o ouro sempre foi considerado como um dos principais ativos nessa proteção. Além disso, minerais e pedras preciosas ajudavam os investidores a buscar refúgios.

Com o surgimento do Bitcoin, entretanto, os investidores começam a olhar com atenção para a moeda da internet.

Empresa britânica listada na bolsa de valores anuncia a compra de Bitcoin para sua reserva de valor

A busca por ativos que ajudam na proteção de portfólio segue em alta em 2020. Isso porque, com crise na saúde e economia, várias pessoas e empresas buscam se proteger das incertezas dos mercados.

Alguns buscam comprar ativos tradicionais, como ouro, imóveis, pedras preciosas e joias. Outros já miram o setor de tecnologia, considerado promissor em tempos de busca por digitalização.

Considerado o dinheiro da internet, o Bitcoin é a primeira criptomoeda lançada no mundo a funcionar. Em 2020, com os Bancos Centrais emitindo muito dinheiro no mercado para conter a pandemia, o Bitcoin ganhou um imenso destaque.

Um dos maiores destaques foi a compra de Bitcoin por grandes empresas de capital aberto. Nos últimos dias, a Mode, uma empresa britânica e listada na bolsa de valores local, anunciou também a compra de Bitcoin.

A justificativa da empresa, de acordo com a Forbes, foi para compor sua reserva de valor. Desse modo, mais uma empresa listada em bolsa faz o movimento, que já viu pelo menos 8 companhias de capital aberto que já compraram Bitcoin como reserva de valor.

CEO da MicroStrategy alerta que Bitcoin é muito melhor que ouro

A primeira empresa a anuncia a compra de Bitcoin no mundo foi a MicroStrategy. Como havia sido publicado pelo Livecoins, a empresa fez a compra R$ 1.3 bi em Bitcoin como reserva de valor, e depois comprou ainda mais.

Com o caso ganhando notoriedade mundial, o CEO da MicroStrategy, Michael Saylor ficou famoso entre os fãs do Bitcoin. Em uma entrevista de Michael feita por Raoul Paul recentemente, ele deixou claro sua posição pró-Bitcoin.

Além disso, Michael ainda comparou o Bitcoin ao ouro, mas declarou que a moeda digital é muito melhor. Tal posição de comprar Bitcoin para criar uma reserva de valor é defendida até pelo JPMorgan.

Um antigo crítico do Bitcoin, o banco JPMorgan emitiu uma nota aos clientes nos últimos dias. No material, compartilhado parcialmente por Alex Krüger, fica claro que o JPMorgan acredita que o Bitcoin hoje é um concorrente do ouro.

O movimento de acreditar no Bitcoin tem ganho proporções e até o PayPal agora aposta na moeda. Com essa manifestação pública, o preço do Bitcoin volta a subir e passou o último final de semana acima de U$ 13 mil. No Brasil, cada Bitcoin já vale mais que R$ 74 mil, um recorde no país.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias