Empresa japonesa compra milhões em Bitcoin para se proteger da desvalorização do iene

A dívida do governo japonês, que atualmente ultrapassa 254% do PIB, é uma das mais altas entre as economias avançadas, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI).

A Metaplanet, uma empresa de investimento em estágio inicial sediada em Tóquio, decidiu adotar o bitcoin (BTC) como seu ativo de reserva estratégica para se proteger da alta dívida do Japão e da consequente volatilidade do iene.

Em resposta às pressões econômicas persistentes enfrentadas pelo Japão, a Metaplanet explicou que essa decisão foi motivada pela necessidade de se proteger das condições econômicas desafiadoras no país.

A dívida do governo japonês, que atualmente ultrapassa 254% do PIB, é uma das mais altas entre as economias avançadas, segundo dados do Fundo Monetário Internacional (FMI).

O recente enfraquecimento do iene em relação ao dólar americano, com uma desvalorização de 50% desde o início de 2021, também influenciou a decisão da Metaplanet.

A empresa afirmou que a estratégia do Banco Central do Japão de manter taxas de juros extremamente baixas, enquanto intervém no mercado cambial, representa um “paradoxo monetário insustentável”.

Empresa japonesa compra Bitcoin para se proteger do Iene

De acordo com comunicado divulgado nesta segunda-feira (13), a Metaplanet adquiriu 117,7 bitcoins (equivalente a US$ 7,19 milhões) desde abril. A estratégia segue o exemplo da MicroStrategy (MSTR), empresa listada nos EUA que adquiriu bilhões de dólares em bitcoin como parte de sua estratégia de reserva de valor.

“Acreditamos que o bitcoin oferece uma reserva de valor não soberana que tem o potencial de se valorizar em relação às moedas fiduciárias tradicionais, como o iene japonês”, afirmou a Metaplanet no comunicado à imprensa.

A Metaplanet pretende priorizar a acumulação de Bitcoin em vez da retenção de ienes, com o objetivo de enfrentar os desafios acima mencionados. “Esta decisão estratégica é impulsionada tanto pela necessidade de mitigar os riscos cambiais do iene associados às políticas fiscais do Japão, bem como pela oportunidade de capitalizar o processo contínuo de monetização do Bitcoin à medida que ele se consolida globalmente”, acrescentou a empresa.

Bitcoin primeiro, apenas Bitcoin

A empresa também planeja manter o bitcoin a longo prazo para minimizar ganhos tributáveis ​​e está aberta a adquirir mais BTC emitindo passivos de longo prazo em ienes, aproveitando as oportunidades de mercado.

A mudança estratégica da empresa reflete uma crescente tendência entre instituições e investidores no Japão e globalmente, que veem o bitcoin como uma proteção contra políticas fiscais e monetárias imprudentes.

Com o lema “Bitcoin primeiro, apenas Bitcoin”, conforme mencionado no white paper da empresa, a Metaplanet ajustou suas operações de tesouraria para navegar pelo complexo cenário econômico do Japão.

De acordo com uma postagem no Twitter/X, a Metaplanet comprou 19,87 BTC a um preço médio de 10.065.548 ienes por Bitcoin, totalizando 200 milhões de ienes.

No ‘Progresso da Divulgação’ divulgado, a empresa afirmou que suas participações totais atuais em BTC são de cerca de 117,7 BTC. A estratégia de investimento demonstra a confiança da empresa sediada no Japão no crescimento e viabilidade a longo prazo da moeda digital e no seu potencial para ser amplamente aceito como um ativo legítimo.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na melhor corretora de criptomoedas do mercado ganhe até 100 USDT em cashback. Cadastre-se

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Vinicius Golveia
Vinicius Golveia
Formado em sistema da informação pela PUC-RJ e Pós-graduado em Jornalismo Digital. Conhece o Bitcoin desde 2014, atuando como desenvolvedor de blockchain em diversas empresas. Atualmente escreve para o Livecoins sobre assuntos de criptomoedas. Gosta de cultura POP / Geek. Se não estiver escrevendo notícias relevantes, provavelmente está assistindo alguma série.

Últimas notícias

Últimas notícias