Suspeita de pirâmide no interior de São Paulo é condenada a devolver R$ 160 mil para cliente

Golpe movimentou alta quantia, vários clientes lesados!

-

Siga no
Justiça condena Híbridos Club
Justiça condena Híbridos Club
Anúncio

A Híbridos Club foi condenada pela justiça de São Paulo a devolver R$ 160 mil para clientes, após um possível golpe de pirâmide financeira envolvendo criptomoedas. Os problemas da empresa começaram ainda em 2017.

A decisão, publicada no DOJ do TJ-SP do dia 11 de março, informa que os sócios da empresa possuem solidariedade no caso. Isso porque, a Híbridos teria feito um contrato de prestação de serviços, com conhecimento dos fundadores.

De fato os clientes do possível golpe podem ter perdido muito dinheiro na empresa. De acordo com o GAP, o golpe promovido pela Híbridos Club pode ter ultrapassados os U$ 300 milhões, ou seja, mais que R$ 1 bilhão.

Empresa suspeita de operar golpe de pirâmide financeira com criptomoedas é condenada pela justiça

Anúncio

A Híbrudos Club é uma empresa que existiu na cidade de Embu das Artes, no interior de São Paulo. Fundada por Hélio Caxias Ribeiro Filho e Thalia Alves De Andrade, a empresa não tem processado saques de clientes desde 2017.

Nos últimos anos, vários processos correm na justiça contra a Híbridos Club, que é acusada de ter lesado inúmeros clientes. Em um caso de 2019, a Híbridos afirmou para a justiça que os clientes sabiam dos riscos envolvendo investimentos em criptomoedas.

Contudo, a empresa oferecia investimentos com garantia fixa mensal de 20%. Ou seja, os clientes eram levados a crer que era possível obter rendimentos certos, realizando aportes vultosos na empresa, sem a ciência de riscos uma vez que eram garantidos valores fixos.

Para a Justiça de São Paulo, porém, os sócios da Híbridos Club são responsáveis por ressarcir os clientes. Um cliente que entrou na justiça contra a Híbridos, e seus sócios, obteve liminar favorável em 2020.

Não há como reconhecer a ilegitimidade passiva dos réus Hélio e Thalia, pois, embora a pessoa jurídica não se confunda com a pessoa dos sócios, o artigo 7º, parágrafo único, do Código de Defesa do Consumidor afirma que, tendo a ofensa mais de um autor, todos responderão solidariamente

De acordo com divulgação no dia 11 de março, pelo TJ-SP, a Híbridos, Hélio e Thalia deverão pagar R$ 167 mil a um cliente, mais 1% de juros mora ao mês desde a data da citação. O pedido de mais R$ 10 mil por danos morais foi indeferido pelo juiz que analisou o caso. Mesmo assim, os honorários advocatícios e custas processuais deverão ser pagos pela Híbridos Club e seus sócios.

Empresa possui um histórico ruim de atendimento aos investidores

De acordo com uma postagem do Grupo Antiponzi, feita ainda em 2018, a Híbridos Club é um esquema ponzi. A empresa prometia rendimentos com criptomoedas, de até 30% ao mês.

Além disso, o GAP destacou que a Híbridos pode ter arrecadado até U$ 300 milhões durante seu funcionamento. Para finalizar o possível golpe, o fundador teria se dado como sequestrado, contudo, foi localizado após a desaparição.

No Reclame Aqui, uma lista de reclamações atinge a empresa, que nunca respondeu aos clientes. Várias reclamações já ultrapassam os dois anos, com clientes que alegam nunca ter recebido seus investimentos.

Bitcoin golpe
Bitcoin golpe

O Livecoins procurou a Híbridos Club para comentar sobre a suspeita de operar uma pirâmide de criptomoedas em São Paulo e sobre os processos judiciais e saques de clientes, que seguem sem uma posição clara da empresa. Contudo, até o fim dessa matéria não houve retorno. O espaço fica aberto para manifestação.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
FinCEN Files

Documentos vazados revelam que bancos lavaram R$ 10 trilhões em dinheiro ligado a crimes

Mais de 2.100 documentos secretos da FinCEN, Rede de Combate a Crimes Financeiros dos EUA, foram vazados e os detalhes desses arquivos trazem informações...
Europa (União Europeia e Bitcoin)

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...
Cristo Redentor, símbolo no Brasil (Rio de Janeiro), e Bitcoin (BTC Blockchain)

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...

Últimas notícias

Europa vai regulamentar Bitcoin até 2024, apontam documentos

Segundo documentos vazados para a imprensa, a Europa vai regulamentar o Bitcoin até 2024 em todos os países membros do bloco. O tema ganhou...

Brasil desenvolve com blockchain uma identidade descentralizada

O Brasil caminha rumo às novas tecnologias e já desenvolve com uso da blockchain um novo projeto. Chamada de identidade descentralizada, a solução promete...

Polícia desarticula sequestro que pedia Bitcoin pelo resgate de mulher

Um sequestro de uma mulher no Ceará, que pedia R$ 1 milhão em Bitcoin como resgate, foi desarticulado pela polícia civil em 12 horas....