Ethereum Classic dispara com aporte da Antpool e falas de Vitalik

Moeda criada em 2016 após rompimento com Ethereum (ETH) volta a ter destaque.

Gráfico de preço do Ethereum Classic
Gráfico de preço do Ethereum Classic

O Ethereum Classic (ETH), que nos últimos dias foi destacada por Vitalik Buterin como o “Ethereum original” em tom de deboche, recebeu um aporte da grande empresa Antpool e disparou com a atenção dada ao projeto, que tenta se manter fiel ao que foi inicialmente proposto nesse ecossistema.

Criada em 2015, a rede Ethereum tinha como proposta levar mais funcionalidades para o setor das criptomoedas, trazendo conceitos de contratos inteligentes para o debate. Essa comunidade acreditava que o bitcoin era limitado e começou a trabalhar em inovações.

Em 2016, contudo, o evento “The DAO Hack” conseguiu roubar fundos de usuários, levando milhões no ataque cibernético. Parte da comunidade então se mobilizou para criar uma rede nova e apagar de sua história este episódio, que foi quando surgiu o Ethereum (ETH), hoje a segunda moeda mais valiosa do market cap.

No entanto, outros não concordaram com a nova moeda e seguiram criando no ecossistema conhecido Ethereum Classic (ETC).

“Ethereum original” dispara após receber atenção da Antpool e Vitalik Buterin

Como o Ethereum (ETH) se prepara para migrar seu consenso para o Proof of Stake (POS), milhares de mineradores terão que procurar um novo destino para suas placas de vídeo para não ficarem sem trabalho.

Assim, Vitalik Buterin recomendou a criptomoeda rival nos últimos dias, informando que a comunidade Ethereum Classic (ETC) seguirá com a mineração Proof of Work (PoW). Ele chegou a declarar que a rede não é ruim e há pessoas sérias em seu ecossistema.

Ao citar o projeto como “Ethereum original”, o Ethereum Classic voltou a aparecer na comunidade de criptomoedas e entre mineradores. Dessa forma, a Antpool, empresa ligada à Bitmain, resolveu realizar um aporte de 10 milhões de dólares nesse ecossistema, para que eles melhorem a tecnologia.

Em nota na última terça-feira (26), a Antpool afirmou que vai incubar projetos criados nessa rede para incentivar iniciativas com ETC.

“Vamos apoiar o ecossistema ETC e incubar projetos PoW de alta qualidade juntos!”

Com a atenção dos últimos dias, o preço do Ethereum Classic disparou 16% nas últimas 24 horas, alcançando a posição 22 do market cap. Cada ETC custa hoje US$ 27,28, ao experimentar uma alta de 62% nos últimos 30 dias.

Ataques hackers do passado podem ser esquecidos se mais mineradores se juntarem a rede

Nos primeiros dias de 2019, a rede Ethereum Classic sofreu um ataque 51%, esse que é considerado a principal ameaça para uma blockchain pública. Isso porque, ao tomar controle da rede, o responsável pelo ataque consegue manipular transações, reverter essas e ganhar recompensas de inúmeras formas.

Na época, as corretoras foram incentivadas a aumentarem a quantidade de confirmações de ETC, para prevenir problemas.

Agora em 2022, com a possível chegada dos mineradores do ETH para o ecossistema Ethereum Classic, ataques 51% poderiam ser apenas parte do passado, visto que uma migração em massa daria mais segurança para essa atualmente pequena rede.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias