Ethereum superará o Bitcoin no próximo ciclo de alta, diz estrategista da Bloomberg

O Ethereum vem encontrando apoio de analistas de diferentes entidades que acreditam que a moeda realmente pode se superar em relação ao rei das criptomoedas.

Com a chegada de um novo ano começam as especulações sobre o que o futuro do mercado das criptomoedas pode reservar para os investidores. Para alguns teremos reviravoltas, com um dos principais analistas da Bloomberg apostando na possibilidade de que o Ethereum superará o Bitcoin.

Com o ano de 2022 sendo brutal para o setor, tanto em preço quanto em reputação, a pergunta agora para muitos analistas é se 2023 manterá a consolidação de queda ou reverter para uma recuperação.

Enquanto a resposta para essa pergunta ainda é um mistério para muitos, Mike McGlone, conhecido estrategista de inteligência da Bloomberg, acredita que caso tenhamos um novo ciclo de alta, veremos o Ethereum ultrapassando o Bitcoin como maior criptomoeda do mundo.

Com base na análise feita pelo time de inteligência estratégica da Bloomberg, McGlone destacou que o Ethereum é um dos “principais candidatos” para continuar tendo a melhor performance e eventualmente superar o Bitcoin.

Segundo a análise, a maior altcoin do mercado não foi afetada pela deflação de diferentes investimentos de risco e está ganhando uma base sólida na briga contra o Bitcoin.

“Ethereum pode ser o principal candidato para continuar superando o bitcoin. O Avanço do Ethereum vs. o Bitcoin não foi afetado pela deflação de 2022 em diferentes ativos de risco e pode estar ganhando sustentação.”

Sendo assim, os sinais para o Ethereum são extremamente positivos, opinião que não é dividida apenas pelo analista.

Ethereum atrai a positividade de diferentes analistas

O Ethereum vem encontrando apoio de analistas de diferentes entidades que acreditam que a moeda realmente pode se superar em relação ao rei das criptomoedas.

Um exemplo citado foi a Velvet Capital, que acredita que o Ethereum tem se tornado cada vez mais eficiente com um alto nível de escalabilidade graças o seu merge que o tornou uma blockchain Proof-of-Stake, além de estar no caminho de se tornar deflacionária, um dos pontos principais de qualquer criptomoeda que quer competir com o Bitcoin.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias