Cavalo de Troia: EUA quer emboscar mercado de criptomoedas, sem mencionar “crypto”, alerta comissária da SEC

Cavalo de troia
Cavalo de troia

Embora um documento de 654 páginas publicado na semana passada pela comissão de valores mobiliários americana (SEC) não mencione a palavra “crypto”, a comissária Hester Peirce fez um alerta de que esta proposta pode estar muito ligada as criptomoedas.

Em conversa com o Yahoo, Peirce pede para que os players do mercado leiam atentamente o documento. Como justificativa, cita que, caso aprovada, a proposta tornará mais difícil que serviços como exchanges consigam aprovação da SEC.

“Mesmo que você não tenha nada a ver com títulos do governo ou até mesmo de renda fixa, ou com títulos tradicionais, leia este comunicado. Ele cobre muito terreno, e você não deve presumir que não tem nada a ver com você, porque provavelmente tem.”

Indo além, a comissária da SEC, que ficou conhecida por defender as criptomoedas, nota que atualmente o órgão não possui nenhuma diretriz relacionada a este crypto mercado.

Cavalo de troia

Está não é a primeira vez que Hester Peirce, comissária da SEC, prova o quão bom é ter alguém que defenda as criptomoedas trabalhando em agências governamentais. Em outubro, a comissária já havia dito que a proposta de regulamentação das criptomoedas era uma vergonha, chamando a atenção dos americanos para tal.

Com isso, o último alerta feito por Peirce também deve ser considerado, afinal ela parece preocupada com o setor. Em conversa com o Yahoo, ela cita que embora o documento de 654 páginas escrito pela SEC não contenha a palavra “crypto”, ele está muito ligado as criptomoedas.

“Independentemente do que aconteça com essa proposta, penso que ele [Gary Gensler, presidente da SEC] está tentando puxar essas plataformas de crypto para nossa órbita. Essa proposta, caso adotada, tornará isso muito mais fácil.”

O documento, na verdade, é todo relacionado a expansão regulatória para “sistemas de negociação alternativas” que lidam com valores mobiliários, bem como outros mercados e ativos. Com isso, sem citar “crypto” em nenhum momento, poderia ter passado batido por esta indústria, se não fosse Peirce.

Proposta pode regular diversos mercados crypto

Já em conversa com a Bloomberg, a comissária estende a sua preocupação. Na oportunidade, ela cita que a proposta pode afetar até mesmo o mercado de DeFi, que hoje vive em um limbo regulatório.

“A proposta inclui uma linguagem muito expansiva, que, juntamente com o aparente interesse do presidente [da SEC] em regular todas as coisas relacionadas a crypto, sugere que ela poderia ser usada para regular plataformas crypto. A proposta pode alcançar mais tipos de mecanismos de negociação, incluindo protocolos DeFi.”

Além dos mercados, também não podemos esquecer de citar as próprias criptomoedas. Afinal, com uma legislação mais atenta, o Ethereum, por exemplo, pode muito bem ser enquadrado como uma security (valor mobiliário).

Portanto, é preciso estar atento a estas possíveis mudanças no mercado, especialmente com o Fed estudando a criação de sua CBDC, o dólar digital. Embora regulação possa trazer segurança, ela também pode frear a inovação e competição do mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias