Ex-assessor de Trump diz que bitcoin não tem transparência

“Parte da integridade de um sistema é saber quem o possui e por que está sendo transferido”, disse Gary Cohn

Gary Cohn
Gary Cohn. Imagem: Politico.com

O ex-assessor econômico de Donald Trump, Gary Cohn, disse à Bloomberg em uma entrevista que o bitcoin não tem transparência e integridade. Gary é ex-executivo da Goldman Sachs, ele renunciou ao cargo de conselheiro econômico de Trump em março de 2018, após um impasse com a decisão do presidente de impor tarifas sobre as importações de aço e alumínio.

“Por todas as razões pelas quais é uma classe de ativos em desenvolvimento forte, ele [bitcoin]  pode falhar”, disse à Bloomberg.

Gary Cohn parece não conhecer muito bem o funcionamento do bitcoin e diz que a moeda digital não tem trilha de auditoria, sugerindo que não é possível saber quem e por quais motivos alguém possui bitcoin. Para Cohn, o bitcoin “carece de integridade básica de um mercado real”.

“Parte da integridade de um sistema é saber quem o possui e por que está sendo transferido”.

“O sistema bitcoin hoje não tem transparência. Portanto, muitas pessoas se perguntam, por que você precisa de um sistema que não tem uma trilha de auditoria.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Últimas notícias