Nova York cria passaporte em blockchain para validar quem já foi vacinação

Como a plataforma é desenvolvida sob a tecnologia blockchain, os usuários têm a garantia de que seus dados não serão manipulados.

Siga no

Um dos principais desafios da situação atual da pandemia é saber o estado de saúde das pessoas. É difícil também validar se alguém já foi vacinado e qual seu status em relação a doença. No entanto, o estado de Nova York encontrou a solução na tecnologia blockchain.

Nova York anunciou uma espécie de passaporte baseado em blockchain – a mesma tecnologia por trás do Bitcoin – gratuito e voluntário desenvolvido em parceria com a IBM.

O passaporte chamado Excelsior Pass serve para confirmar dados e será usado para verificar se uma pessoa foi vacinada ou não.

Como parte do lançamento, o Excelsior Pass já pode ser usado por nova-iorquinos em teatros, estádios, casamentos, e outros eventos de acordo com as diretrizes do estado. O aplicativo já pode ser baixado para Android e IOS.

Reabertura do comércio

Nova York agora não precisará manter todo seus comércios fechados, o aplicativo ajudará a acelerar a reabertura de empresas de acordo com diretrizes do Departamento de Saúde do Estado.

O governador do estado disse que “os nova-iorquinos provaram que podem seguir as orientações de saúde pública para derrotar a COVID, e o inovador Excelsior Pass é outra ferramenta para combater o vírus, permitindo que mais setores da economia sejam reabertos com segurança e com informações seguras.”

De acordo com o comunicado à imprensa, os nova-iorquinos podem usar o Excelsior Pass para provar que foram vacinados e assim, ter acesso a locais públicos.

O comunicado acrescenta que o passaporte foi desenvolvido com base na solução Digital Health Pass da IBM e foi projetado para permitir a verificação segura de credenciais de saúde, como resultados de testes e registros de vacinação, sem a necessidade de compartilhar informações médicas.

Como a plataforma é desenvolvida sob a tecnologia blockchain, os usuários têm a garantia de que seus dados não serão manipulados.

O estado de Nova York é o primeiro estado dos EUA a lançar formalmente essa tecnologia. Antes de seu lançamento, duas demonstrações piloto bem-sucedidas foram realizadas nas últimas semanas, junto com um teste beta em que milhares de nova-iorquinos participaram de uma implementação limitada da tecnologia para fornecer feedback sobre a interface do usuário e os resultados.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Dogecoin passa banco Itaú, Santander e Bradesco em valor de mercado

Dogecoin, a criptomoeda feita como uma piada, surpreendeu o mundo após disparar 150% em poucas horas e ser negociada por um valor recorde de...

Pelé terá coleção NFT na plataforma Ethernity

Edison Arantes do Nascimento, conhecido mundialmente como Pelé, é o mais famoso jogador de futebol da história e é um grande ícone para os...

Rothschild investe R$ 26 milhões em Ethereum

A Rothschild Investment adquiriu mais de 265.302 ações da Grayscale Ethereum Trust, marcando seu primeiro investimento em Ethereum, o ativo digital nativo da plataforma...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias