Nova York cria passaporte em blockchain para validar quem já foi vacinação

Como a plataforma é desenvolvida sob a tecnologia blockchain, os usuários têm a garantia de que seus dados não serão manipulados.

Siga no

Um dos principais desafios da situação atual da pandemia é saber o estado de saúde das pessoas. É difícil também validar se alguém já foi vacinado e qual seu status em relação a doença. No entanto, o estado de Nova York encontrou a solução na tecnologia blockchain.

Nova York anunciou uma espécie de passaporte baseado em blockchain – a mesma tecnologia por trás do Bitcoin – gratuito e voluntário desenvolvido em parceria com a IBM.

O passaporte chamado Excelsior Pass serve para confirmar dados e será usado para verificar se uma pessoa foi vacinada ou não.

Como parte do lançamento, o Excelsior Pass já pode ser usado por nova-iorquinos em teatros, estádios, casamentos, e outros eventos de acordo com as diretrizes do estado. O aplicativo já pode ser baixado para Android e IOS.

Reabertura do comércio

Nova York agora não precisará manter todo seus comércios fechados, o aplicativo ajudará a acelerar a reabertura de empresas de acordo com diretrizes do Departamento de Saúde do Estado.

O governador do estado disse que “os nova-iorquinos provaram que podem seguir as orientações de saúde pública para derrotar a COVID, e o inovador Excelsior Pass é outra ferramenta para combater o vírus, permitindo que mais setores da economia sejam reabertos com segurança e com informações seguras.”

De acordo com o comunicado à imprensa, os nova-iorquinos podem usar o Excelsior Pass para provar que foram vacinados e assim, ter acesso a locais públicos.

O comunicado acrescenta que o passaporte foi desenvolvido com base na solução Digital Health Pass da IBM e foi projetado para permitir a verificação segura de credenciais de saúde, como resultados de testes e registros de vacinação, sem a necessidade de compartilhar informações médicas.

Como a plataforma é desenvolvida sob a tecnologia blockchain, os usuários têm a garantia de que seus dados não serão manipulados.

O estado de Nova York é o primeiro estado dos EUA a lançar formalmente essa tecnologia. Antes de seu lançamento, duas demonstrações piloto bem-sucedidas foram realizadas nas últimas semanas, junto com um teste beta em que milhares de nova-iorquinos participaram de uma implementação limitada da tecnologia para fornecer feedback sobre a interface do usuário e os resultados.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Sites de negociações de criptomoedas, cuidado com golpes

Cinco sites de investimentos em criptomoedas recebem ordem de parada

Nos últimos dias, cinco sites que prometiam investimentos com criptomoedas para pessoas receberam uma ordem de parada, com as autoridades aumentando sua escalada com...
Delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro

“Faraó dos Bitcoins” mandou matar concorrente em Cabo Frio, diz Polícia

O delegado da 126.ª DP de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Carlos Eduardo, comentou sobre a finalização do inquérito que acusa o "Faraó...
Criptomoedas próximas a uma folha com a frase Procurando por liberdade

FGV promove evento sobre perfil de investidores de criptomoedas

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), por meio de sua escola de economia, vai apresentar os resultados de um estudo sobre investidores de criptomoedas. O evento...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias