Executivos da Coinbase venderam US$ 1 bi em ações da corretora

Apesar disso, CEO da Coinbase diz acreditar nas empresas de criptomoedas.

Brian Armstrong
Brian Armstrong

Alguns dos principais executivos da Coinbase venderam parte de suas ações da empresa, considerada a maior corretora de criptomoedas dos EUA. O capital da companhia foi aberto em 2021, sendo a primeira do setor a conseguir este feito.

Com a listagem pública das ações da Coinbase, o mercado de criptomoedas logo viu mais empresas chegarem a bolsa de valores. Outras corretoras também querem abrir seu capital, em busca de crescimento de suas operações.

Desde que a corretora Coinbase conseguiu listar ações na bolsa, ela planejou uma grande expansão internacional, sendo o Brasil um dos países em que essa busca se consolidar.

Executivos da Coinbase venderam US$ 1 bilhão em ações da empresa

No mercado financeiro de bolsa de valores, ter uma ação de uma empresa significa que o detentor do papel acredita em uma empresa e em seu valor de mercado.

Quando um detentor vende sua ação, significa que ele viu algum problema ou desacreditou da companhia. Ainda há a possibilidade de ter sido encontrado outra oportunidade para o dinheiro, embora em caso de gestores das empresas esses movimentos serem facilmente notados pelo mercado.

E isso foi o que aconteceu com a Coinbase, que viu seus 4 principais executivos venderem US$ 1 bilhão em ações da empresa. Essa venda em massa foi feita nos últimos meses, segundo informações reveladas pelo The Wall Street Journal.

Um dos que vendeu parte de suas ações foi justamente o CEO da Coinbase, Brian Armstrong. O cofundador Fred Ehrsam também foi um dos que é citado como vendedor dos papéis.

Ainda no alto escalão, o WSJ diz que o diretor de operações Emilie Choi e o diretor de produtos Surojit Chatterjee também venderam ações da Coinbase. Essa venda foi detectada ao se analisar registros regulatórios, apuração feita desde o IPO da corretora até fevereiro de 2022.

Desde o lançamento das ações na Nasdaq, as ações da Coinbase (COIN) já despencaram 77%, valendo apenas US$ 75,32 hoje.

Dados do Google Finance mostram queda de 77% no preço das ações da Coinbase - Coin - desde lançamento
Dados do Google Finance mostram queda de 77% no preço das ações da Coinbase – Coin – desde lançamento.

Publicamente, CEO não comentou vendas e diz acreditar no futuro do mercado

Com a polêmica instaurada entre investidores após a revelação das vendas, o CEO da Coinbase ainda não se manifestou sobre o caso.

De qualquer forma, na última semana a Coinbase foi a primeira empresa do mercado de criptomoedas a entrar na Fortune 500. Em comentário público, Brian disse que no final da década mais empresas entrarão para a seleta lista, indicando que acredita no mercado ainda.

“Apenas começando! Suspeito que haverá muitas empresas de criptomoedas na Fortune 500 até o final da década.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias