Membro do Banco Central Europeu pede “menos tolerância” com o Bitcoin

Os comentários do membro do Banco Central Europeu foram uma resposta a Eero Heinäluoma, legislador da União Europeia, original da Finlândia, que ressaltara que a Rússia pode estar usando Bitcoin para driblar as sanções impostas ao país.

Fabio Panetta
Fabio Panetta

O Banco Central Europeu continua de olho nas criptomoedas, indicando que os membros da autoridade financeira da Europa querem uma regulamentação cada vez mais pesada contra o bitcoin. Recentemente, um dos membros do grupo até pediu que as autoridades adotem uma “aproximação menos tolerante com o Bitcoin.” 

Fabio Panetta, membro do Banco Central Europeu pediu que os criadores de leis comecem a adotar uma aproximação “menos tolerante” para tecnologias como o Bitcoin, afirmando que a moeda digital serve apenas como uma aposta.

Os comentários de Panetta vêm justamente quando os legisladores da União Europeia estão para votar em uma série de propostas controversas que podem tornar ilegais transações anônimas de criptomoedas e cortar as corretoras não regulamentadas do sistema financeira. A discussão dessas propostas acontece na próxima quinta-feira (31).

“Seria ideal de um ponto de vista social interver e ter uma aproximação menos tolerante com essas atividades. Atividades do tipo do Bitcoin são puramente apostas, gastando uma quantidade enorme de energia.”

Panetta tem uma visão bem contrária ao criptomercado, apesar de ele especificar apenas o Bitcoin, a sua opinião vai para todas criptomoedas. Ele disse que os “criptoativos” que não possuem um caso de uso ou pagam dividendos não merecem a atenção e carinho das autoridades.

“Os criptoativos que não são usados para pagamentos, não pagam dividendos e não possuem uma atividade econômica por trás deles não possuem papel social.”

No entanto, ele também determinou que a intervenção que ele gostaria é muito difícil de ser realizada e seria possivelmente necessário ajuda e outras agências.

“A dificuldade está em como intervir nisso. Isso certamente iria exigir uma esforço coordenado internacional.” , concluiu Panetta.

Os comentários do membro do Banco Central Europeu foram uma resposta a Eero Heinäluoma, legislador da União Europeia, original da Finlândia, que ressaltara que a Rússia pode estar usando Bitcoin para driblar as sanções impostas ao país.

O portal Coindesk destacou que apenas há duas semanas, esse mesmo comitê, da qual Panetta faz parte, votou contra (por muito pouco) restrições que poderiam ter prejudicado consideravelmente mineradores de Bitcoin na Europa por causa de um suposto impacto ambiental da tecnologia Proof-of-Work.

Ou seja, há um risco para o criptomercado a partir dessa autoridade financeira que é muito influente.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias