Facebook contrata mais dois lobistas para lançar criptomoeda Libra

Facebook vai com tudo pra cima dos legisladores!

Siga no
Olho com logomarca do Facebook
Olho com logomarca do Facebook

O Facebook está correndo atrás do lançamento de sua própria criptomoeda, inclusive contratando pessoas de vários setores para isso. Os mais novos funcionários são dois lobistas, que terão a função de ajudar a lançar a Libra, criptomoeda do Facebook.

Por lobista entende-se como o profissional que possui a função de influenciar nas decisões do poder público. Essa influência, conhecida também como lóbi, pode ser velada ou ostensiva, com foco em agentes legislativos.

Faz sentido a empresa reforçar esse setor, uma vez que vários países estão com medo do lançamento desta criptomoeda. A Libra será lançada em 2020, já tendo sua rede de testes disponível ao público.

Lobistas terão função de viabilizar, pela lei, lançamento da criptomoeda do Facebook, Libra

De acordo com a Bloomberg, o Facebook está se preparando contra o pior cenário para sua criptomoeda: a regulamentação. Com isso, a empresa reforçou o setor de lóbi, visando influenciar reguladores que possam vir a intervir no projeto Libra.

Um dos contratados é William Hollier, que já trabalhou para o senador americano Mike Crapo. Hollier certamente é um lobista conhecido nos EUA, tendo como clientes como a Microsoft, por exemplo.

O outro lobista profissional contratado é Michael Williams, este que pertence ao Williams Group. De fato a empresa já conta com mais empresas ajudando a viabilizar o projeto Libra, sendo estes últimos um reforço no setor.

Cabe o destaque que o Facebook está com medo do projeto ter problemas, principalmente após um “susto” no Congresso Americano. Isso porque em julho os congressistas se reuniram, surgindo ideias que se implementadas pode matar a Libra.

Banco Central da Suíça preocupado com lançamento da Libra

De acordo com o portal SWI, o Banco Central Suíço está cauteloso com o impacto que a Libra pode causar. A explicação seria porque o banco teme que a criptomoeda do Facebook entre em conflito direto com ele.

O medo do banco é devido as stablecoins serem lastreadas em moedas fiat. Com isso, o presidente do SNB afirmou que estas possuem mais chances de sucesso como meio de pagamentos. O presidente do banco disse ainda que “Enquanto os preços, salários e empréstimos forem fixados em francos suíços, o SNB poderá influenciar incentivos para poupadores e tomadores de empréstimos por meio de sua política monetária e, assim, garantir a estabilidade de preços no médio prazo”.

“No entanto, se as moedas estáveis ​​atreladas a moedas estrangeiras se estabelecerem na Suíça, a eficácia de nossa política monetária poderá ser prejudicada.”

Finalmente, o medo da Libra tem colocado os legisladores em estado de extrema atenção. Para isso, o Facebook terá sua equipe de lobistas, entretanto, ao que parece a briga está só no início.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Debate Descentralizado: stablecoins podem impactar outras criptomoedas

As stablecoins são possivelmente um dos pilares do mercado de criptomoedas atualmente. O USDT, por exemplo, é usado como medidor de demanda por investidores....
Trade na Uniswap baleia

Criador da Uniswap quer melhorar negociações de baleias Ethereum

Hayden Adams, o criador da Uniswap quer implementar uma melhoria para as negociações de baleias de Ethereum. Um estudo está sendo feito em conjunto...
US Marshals na vigilância do telhado bitcoin

Polícia americana contrata empresa para armazenar bitcoins apreendidos

A polícia dos Estados Unidos quer guardar os bitcoins apreendidos em operações e para isso, contratou uma empresa especializada, a Anchorage Digital. De acordo com...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias