Fantástico faz reportagem sobre NFT

Reportagem deu destaque a obras de arte mais caras já vendidas com ajuda das criptomoedas e blockchain.

Siga no
Fantástico fala sobre NFT
Fantástico fala sobre NFT - Reprodução/Globo

Em uma reportagem especial no último domingo (21), o Fantástico fez uma reportagem sobre os NFTs, um mercado potencial para novos artistas digitais. Alguns, como o brasileiro Fesq, já até afirmaram que estão vivendo da nova atividade.

Os NFTs são tokens não-fungíveis, comercializados em plataformas próprias, esses tokens são criados principalmente na rede Ethereum, mas outras redes como a Tron, Cardano, entre outras começaram a dar atenção ao setor.

Alguns tokens até são leiloados com a ajuda de casas famosas de leilão de obras de arte no mundo.

Com o token, um comprador de uma arte se torna proprietário de uma obra que só existe na internet. A novidade foi possível apenas com a invenção da blockchain, tecnologia utilizada pelas criptomoedas para garantir registros confiáveis.

Fantástico apresentou NFT para brasileiros, o novo mercado milionário de obras de arte digitais

Com a maior audiência na televisão aberta do último domingo (22), o Fantástico exibiu em sua programação um assunto em alta no setor das criptomoedas. Chamados de NFTs, os tokens que representam artes digitais foram apresentados para milhões de brasileiros.

Entre os destaques dados pela reportagem, o Fantástico falou sobre a obra vendida pelo artista Beeple, que bateu recorde de R$ 383 milhões.

Artistas brasileiros também conversaram com a reportagem, explicando que o mercado está aquecido.

O artista brasileiro Fesq, por exemplo, explicou que já vendeu 18 artes em NFT de novembro de 2020 até hoje. De acordo com ele, foi expressiva a quantidade de suas vendas, sendo uma revolução o movimento para artistas do setor.

“Agora que estamos conseguindo monetizar a nossa arte, nossa arte pessoal, a gente está conseguindo ter autonomia para trabalhar para nós mesmos”, afirmou Fesq ao Fantástico.

Já outro artista brasileiro, o Vini Naso, afirmou que a mudança não é apenas tecnológica, mas sim uma mudança de vida. Antes dos NFTs, ele não conseguia vender com facilidade seu trabalho. Com a tokenização de suas obras, ele agora consegue trabalhar e se sustentar com a venda digital de suas obras.

NFTs podem estar em uma bolha, mas nem todos concordam

O Fantástico destacou que alguns críticos do mercado de obras de arte ainda estão desconfiados dos NFTs. Assim, muitos pensam que esse novo setor, que atrai mais pessoas a cada dia, está vivendo um momento de bolha.

Contudo, algumas casas de leilão famosas têm ajudado artistas a comercializar suas obras. Ou seja, mesmo com as críticas, o mercado segue crescendo e se aproximando do setor de arte tradicional.

A NBA, liga de basquete dos Estados Unidos, lançou tokens de vídeos de algumas jogadas. Já a Capcom, criadora do game Street Fighter, disponibilizou uma coleção de cartões dos principais personagens do famoso jogo de luta.

Com a entrada de grandes empresas nesse mercado, fica claro que não apenas artistas estão buscando inovar com NFTs. Em conversa com o Fantástico, o especialista em tecnologia Ronaldo Lemos afirmou que os NFTs não vão embora tão cedo.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Bitcoin ganha novo impulso de alta e supera US$ 34 mil, entenda

O Bitcoin continua a se recuperar de sua queda no início da semana após várias empresas darem sinais que estão correndo para apostar no...
dolar rasgado e Bitcoin. Imagem: ShutterStock

Valor total de transações com bitcoin em 2021 deve superar PIB dos EUA

Pela primeira vez em menos de sete meses, o volume total de transferências com bitcoin ultrapassou US $ 15,8 trilhões. Como resultado, o volume...
CEFI vs DEFI

DeFi vs CeFi: Finanças Centralizadas vs Finanças Descentralizadas

Finanças descentralizadas (DeFi) são uma das fatias mais cobiçadas da indústria de blockchain hoje, mas a ideia em si tem origens muito mais humildes. Na verdade,...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias