Com pouco usuários de Bitcoin, concorrente do Gmail, FastMail deixa de aceitar a moeda digital

Na contramão do desenvolvimento!

Siga no

Um dos concorrentes do Gmail, chamado FastMail, anunciou aos seus usuários que não irá mais aceitar Bitcoin no serviço.

O motivo que levou o FastMail a parar de aceitar as criptomoedas seria que a base de usuários que realizam pagamentos através dessa modalidade é muito pequena.

Com uma base pequena de usuários, os custos, de acordo com a empresa, ficam insustentáveis e serão interrompidos em março de 2019.

Esse caso veio a tona assim que um usuário do Reddit que recebeu o informe publicou para a comunidade cripto ainda no dia 21 de fevereiro.

Fonte: Reddit r/btc

A nota da empresa dizia que “Bitcoin é usado apenas por um pequeno número de clientes, o que infelizmente torna insustentável o custo de integração de manter o suporte Bitcoin. Você ainda pode pagar com o Bitcoin até 31 de março de 2019. Adicione fundos à sua conta agora para serem usados em futuras renovações”.

Ao parar de trabalhar com criptomoedas em seu serviço, o FastMail irá aceitar as opções tradicionais como Visa, MasterCard, PayPal e American Express, ou seja, vai andar na contramão do desenvolvimento. A empresa não aceita dinheiro em espécie, transferência bancária, cheques e nem cartão de crédito pré-pago.

Há alguns outros provedores de e-mail que continuarão aceitando criptomoedas, mas para quem é acostumado com uma plataforma e confia nela, uma notícia dessa é lamentável.

A empresa aceita criptomoedas desde 2016, mas especula-se que o serviço seja intermediado pela BitPay. Nesse caso, “a culpa” está recaindo nessa última, pois, ao agir como intermediário reduz um pouco as margens de lucro, justificando o que a FastMail chamou de custos insustentáveis.

Adoção de criptomoedas pelo mundo

Mesmo com a empresa parando de aceitar Bitcoin, muitas outras irão facilitar cada vez mais a adoção das criptomoedas, afinal de acordo com especialistas essa moeda é a evolução natural do dinheiro.

A comunidade cripto terá outras opções de e-mail que aceitam criptomoedas, como ProtonMail, AFAIK, tutanota, entre outros. Sempre verifique nas comunidades se os serviços são de confiança antes de utilizar.

Na dúvida, faça como falou Jimmy Song em 2018, não gaste seus Bitcoins, gaste com cartão de crédito.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.
Condomínio Arte, em Miami, aceita Bitcoin como meio de pagamento

Condomínio de luxo em Miami passa a aceitar Bitcoin

Já pensou alugar um condomínio de luxo em Miami que aceita até Bitcoin como meio de pagamento? Muitas pessoas estão dispostas a morar no...
Tom Brady

Tom Brady adere ao Bitcoin e coloca foto com olhos a laser

A comunidade Bitcoin está alvoraçada com mais um fã da criptomoeda - Tom Brady (43). Ele, que é um famoso esportista, também é marido...
Bitcoin Brasil

Criptomercado está crescendo no Brasil, mas falta regulação

O mercado de criptomoedas está crescendo no Brasil e, em sua grande parte, impulsionado por traders que veem novas oportunidades de surfar nas ondas...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias