Forbes chama Ripple (XRP) de fraude e comunidade reage

Siga no

Recentemente a Forbes se viu alvo de ridicularização e perseguição nas mãos da comunidade da criptomoeda da Ripple, a XRP. Um dos autores da revista indicou casualmente que a Ripple pode ser uma farsa…

O escritor em questão, Jason Bloomberg (vamos chamar a ele Jason, ao invés de Bloomberg para evitar qualquer confusão) recentemente foi autor de um artigo sobre o recém-anunciado (e altamente difamado) JPM Coin, a “criptomoeda” do JP Morgan.

Dentro do artigo, alguns paralelos foram traçados entre o mais recente empreendimento do JP Morgan e a Ripple. Em vez de postular o JPM Coin como uma competição para a Ripple, Jason simplesmente citou a Ripple como uma fraude – aparentemente por meio de conjuntura e sem nenhuma explicação real.

É claro que a comunidade XRP / Ripple não gostou disso, criticando Jason por sua evidente falta de pesquisa.

Em resposta a isso, o escritor não se desculpou, em vez disso, escreveu um post no Twitter intitulado: ‘Ripple A Scam?’

Jason abre seu argumento, afirmando que o que ele encontrou pós pesquisa era “arrepiante”.

O escritor prossegue afirmando que a natureza fundamental do modelo de negócios da Ripple é um esquema de pump e dump (manipulação de mercado), afirmando que a empresa faz inúmeras práticas para aumentar artificialmente o valor da XRP; mostrando suas descobertas com um gráfico representando este modelo:

Jason afirma que, para “ocultar as intenções dos fundadores da Ripple”, o XRP foi criado sob o disfarce de uma comunidade de código aberto e, portanto, não é a própria Ripple.

Com isso em mente, Jason questiona a quantidade de XRP nas mãos da Ripple, perguntando como eles conseguiram acumular tal quantia.

A resposta para isso, do diretor de relações regulatórias da Ripple – Ryan Zagone, foi: “Nós possuimos uma quantidade significativa de XRP porque foi oferecido a nós por alguns dos desenvolvedores que a criaram.”

No entanto, isso não foi bom o suficiente para Jason, que chamou Zagone de falso, acrescentando:

“A Ripple consegue dizer quem pode processar transações XRP, essencialmente fazendo do XRP uma criptomoeda centralizada. Como resultado, muitas pessoas na comunidade nem mesmo consideram o XRP como uma criptomoeda, porque não é descentralizadA. ”

O escritor sugere também que a Ripple “paga empresas para se tornarem parceiras”. Jason se refere ao blog da Ripple, que afirma que a empresa “oferecerá uma recompensa exclusiva para instituições financeiras que são as primeiras em seus mercados a processar e promover pagamentos comerciais na RippleNet”

O escritor também aborda o status de segurança contestado da XRP, reduzindo o argumento simplesmente a: “se as pessoas compram um ativo com a expectativa de vendê-lo mais tarde, então é uma garantia”.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Símbolo da Binance líder maior corretora do mundo

Binance diz que intervenção do governo em corretoras é bom para o mercado

A Binance parece ter mudado totalmente a sua estratégia de negócios. Embora a exchange tenha crescido por não criar barreiras, não exigindo dados de...
Detran em Salvador na Bahia corrupção esquema

Esquema de corrupção no Detran-BA teve lavagem de dinheiro com criptomoedas

Um esquema de corrupção no Detran-BA investigado pelo Gaeco apontou que algumas pessoas fizeram a lavagem de dinheiro com criptomoedas. De fato, essa é a...
Torcida do Corinthians

Corinthians vai vender NFT a partir de outubro

O Sport Club Corinthians Paulista anunciou que vai começar a vender seus tokens NFT a partir de outubro. Recentemente, o clube paulista vendeu seus tokens...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias