Forbes diz que Binance pode estar sendo investigada pelo FBI

CEO da Binance, Changpeng Zhao, disse que todo o relatório da Forbes não passa de um ataque sem nenhuma base e uma estratégia de FUD.

Siga no
Corretora de Criptomoedas Binance
Corretora de Criptomoedas Binance

A revista Forbes anunciou nessa quinta-feira, 29, a descoberta de um documento que está sendo chamado de “O Documento de Tai Chi” e que revela que a Binance – maior corretora de criptomoedas do mundo – desenhou todo um sistema para enganar reguladores dos EUA. Ainda de acordo com a agência de notícias, o documento pode estar sendo analisando pelo FBI e várias outras agências federais de investigação.

A Forbes conseguiu o documento que supostamente foi criado em 2018 e talvez tenha sido utilizado como uma estratégia para os executivos sênior da Binance. O documento falava sobre a estratégia para uma empresa nos EUA ainda sem nome, mas que era identificada como “entidade de Tai Chi”.

O documento traçava uma estratégia de isca e propaganda enganosa para driblar os reguladores dos EUA. De acordo com a Forbes, o documento dizia que a “Entidade de Tai Chi” iria iniciar operações nos Estados Unidos para distrair os reguladores como uma falsa promessa de compliance. Uma vez que a empresa tivesse iniciado suas operações, outras medidas seriam adotadas para que valores fossem movimentados da plataforma dos EUA para a estrangeira sob o pretexto de serem “taxas de licenciamento”.

Enquanto esses procedimentos eram adotados, os usuários também iriam aprender sobre como evitar as restrições geográficas. A estratégia do documento coincide com o lançamento do Binance US, a plataforma com foco nas regulamentações dos EUA e que não permitia a alavancagem exagerada em negociações.

De acordo com as fontes da Forbes, o documento não é apenas uma coincidência, mas sim foi a estratégia utilizada pela Binance para driblar as regulamentações norte-americanas. A fonte não identifica afirmou que o “Documento de Tai Chi” foi apresentado pessoalmente à Changpeng Zhao, CEO da corretora e foi criado por Harry Zhou, um dos executivos da corretora.

O documento também é identificado como “Apresentação 2”, o que pode indicar que outras estratégias foram consideradas.

Plano era “Isolar a Binance da regulamentação dos EUA”

Um dos principais planos destacados na estratégia era como a Binance, com base nas Ilhas Cayman, iria se isolar de repercussões legais negativas através da Binance US. A Entidade Tai Chi seria como um imã para questões de regulamentação e até mesmo serviria para receber multas nominais por possíveis irregularidades.

Parte do documento detalhava como fundos seriam desviados através de uma outra companhia.

O esquema ainda ligaria a Binance US à Binance através de uma terceira empresa para poder movimentar os fundos sem muitas suspeitas. “Taxas de licença e serviço pagadas pela companhia nos EUA para Binance são na verdade taxas de negociações com fonte nos EUA”, diz o documento que a Forbes obteve.

No entanto, a estratégia também descrevia como, apesar da Binance ser a “empresa mãe”, ela não poderia ser punida por questões da subsidiária. Isso efetivamente isolaria a Binance da regulamentação dos EUA.

Outro ponto que chama a atenção é que o documento pede de forma explícita que sejam usados VPNs para ofuscar a localização dos traders e escapar da regulamentação pela SEC e pelo Departamento de Serviços Financeiros de Nova Iorque.

De acordo com a Forbes, o FBI está analisando o arquivo e as informações da suposta estratégia. No entanto, agentes do FBI disseram que não podem comentar sobre o caso.

CEO da Binance diz que a notícia não passa de FUD

Para muitos a notícia parece ser exagerada e sem fundamento e isso inclui Changpeng Zhao que disse que todo o relatório da Forbes não passa de um ataque à Binance sem nenhuma base e uma estratégia de FUD.

Em uma série de tuítes, Changpeng defendeu a sua companhia:

“FUD. As alegações e acusações neste artigo estão incorretas.

Todo o artigo é baseado em um documento de terceiros.

O documento não foi produzido por um empregado (recente ou antigo) da Binance. Qualquer um pode produzir um ‘documento’, mas isso não quer dizer que a Binance o apoia.”

Changpeng também afirmou que a Binance sempre trabalha de acordo com as leis e regulamentações do mercado em todas as jurisdições que a corretora atua.

Leia mais sobre:
Matheus Henrique
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Rússia pode reconhecer criptomoedas como propriedade

A Rússia tem uma história bem conturbada com relação as criptomoedas, desde projetos de lei que pretendiam criminalizar os ativos até a proposta de...

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Últimas notícias

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...