Fraudes: 700 pessoas perderam € 31 milhões em Bitcoin na França

Siga no
França
Imagem: Pixabay

Cerca de 700 cidadãos franceses foram vítimas de golpes envolvendo Bitcoin que resultaram na perda de € 31 milhões (cerca de R$ 133 milhões) segundo reportagem da AMBCrypto.

De acordo com os reguladores do mercado francês, Autorité des marchés Financiers (AMF), os golpistas têm atraído pessoas desde o início do ano, usando as altas de dezembro do Bitcoin para atrair vítimas em potencial.

Os golpistas usaram anúncios de investimentos relacionados a Bitcoin para atrair suas vítimas, coletando informações pessoais como o nome e número de telefone dos investidores. Eles então, oferecem oportunidades de investimento surpreendentes.

Este foi um dos motivos que levou várias gigantes de tecnologia como Google e Facebook a banirem anúncios relacionados as criptomoedas no meio do ano.

Helene Fron-Poloni, advogada especializada em direito patrimonial, disse que “o Bitcoin é muito complexo de entender, muito técnico. Os investidores não entendem necessariamente o que está acontecendo, mas simplesmente dizem: desta vez é oportunidade de ganhar dinheiro ”.

Managing Director da CoinHouse, uma empresa de investimento em ativos de criptomoedas, afirmou que eles descobriram mais de 200 sites fraudulentos usados ​​pelos golpistas.

A Bélgica está enfrentando os mesmos problemas. No país as fraudes relacionadas com criptomoedas já somam 100 milhões de euros (R$ 432 milhões).

Conforme reportado pelo Livecoins em Agosto, a soma total de dinheiro perdido para fraudes envolvendo criptomoedas já soma mais de US $ 2 bilhões em todo o mundo. A quantia representa atividades ilícitas envolvendo desde golpes contra usuários até invasões de grandes corretoras como é o caso do hack da MT.GOX.

A França anunciou recentemente que pode estar criando uma estrutura para regulamentar o mercado de criptomoedas, especificamente para ICOS.

O mercado de criptomoedas tem o hábito de temer a palavra “regulamentação”, mas é importante lembrar que nem toda regulamentação é destinada a destruir a indústria.

A estratégia de regular o mercado visa colocar uma “ênfase nas disposições não obrigatórias para fomentar a profissionalização e promover práticas de mercado sólidas, evitando ao mesmo tempo restringir estruturas que possam impedir a inovação e diminuir a atratividade do mercado francês”.

A França espera ser uma nação pioneira no estabelecimento da estrutura regulatória apropriada para o sucesso do setor de criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Universidad Americana Imagem: Divulgação

Universidade privada do Paraguai vai aceitar pagamentos em Bitcoin e Ethereum

A Universidade Americana do Paraguai vai começar aceitar pagamentos em criptomoedas a partir de agosto, os alunos poderão pagar por cursos e graduação com...
Mulher usa ATM do Santander no Reino Unido

Santander testa ferramenta para rastrear criptomoedas

O Santander quer entender como os seus clientes usam as criptomoedas em simultâneo as contas correntes. Para isso, o banco testou uma ferramenta da...
john mcaffe

Suicídio de John McAfee em prisão na Espanha levanta suspeitas

John McAfee, fundador da empresa de tecnologia McAfee, foi encontrado morto na tarde de hoje (23) na cadeia espanhola de Brians 2, localizada em...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias