Fraudes: 700 pessoas perderam € 31 milhões em Bitcoin na França

Siga no
França
Imagem: Pixabay

Cerca de 700 cidadãos franceses foram vítimas de golpes envolvendo Bitcoin que resultaram na perda de € 31 milhões (cerca de R$ 133 milhões) segundo reportagem da AMBCrypto.

De acordo com os reguladores do mercado francês, Autorité des marchés Financiers (AMF), os golpistas têm atraído pessoas desde o início do ano, usando as altas de dezembro do Bitcoin para atrair vítimas em potencial.

Os golpistas usaram anúncios de investimentos relacionados a Bitcoin para atrair suas vítimas, coletando informações pessoais como o nome e número de telefone dos investidores. Eles então, oferecem oportunidades de investimento surpreendentes.

Este foi um dos motivos que levou várias gigantes de tecnologia como Google e Facebook a banirem anúncios relacionados as criptomoedas no meio do ano.

Helene Fron-Poloni, advogada especializada em direito patrimonial, disse que “o Bitcoin é muito complexo de entender, muito técnico. Os investidores não entendem necessariamente o que está acontecendo, mas simplesmente dizem: desta vez é oportunidade de ganhar dinheiro ”.

Managing Director da CoinHouse, uma empresa de investimento em ativos de criptomoedas, afirmou que eles descobriram mais de 200 sites fraudulentos usados ​​pelos golpistas.

A Bélgica está enfrentando os mesmos problemas. No país as fraudes relacionadas com criptomoedas já somam 100 milhões de euros (R$ 432 milhões).

Conforme reportado pelo Livecoins em Agosto, a soma total de dinheiro perdido para fraudes envolvendo criptomoedas já soma mais de US $ 2 bilhões em todo o mundo. A quantia representa atividades ilícitas envolvendo desde golpes contra usuários até invasões de grandes corretoras como é o caso do hack da MT.GOX.

A França anunciou recentemente que pode estar criando uma estrutura para regulamentar o mercado de criptomoedas, especificamente para ICOS.

O mercado de criptomoedas tem o hábito de temer a palavra “regulamentação”, mas é importante lembrar que nem toda regulamentação é destinada a destruir a indústria.

A estratégia de regular o mercado visa colocar uma “ênfase nas disposições não obrigatórias para fomentar a profissionalização e promover práticas de mercado sólidas, evitando ao mesmo tempo restringir estruturas que possam impedir a inovação e diminuir a atratividade do mercado francês”.

A França espera ser uma nação pioneira no estabelecimento da estrutura regulatória apropriada para o sucesso do setor de criptomoedas.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins. Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org
Bitcoin pegando fogo e bandeira da China

Maior pool de mineração de Bitcoin bane chineses

Nesta segunda, a maior pool de mineração de Bitcoin baniu os mineradores chineses, mostrando que a comunidade deverá acatar a determinação do governo chinês. Na...

“Bitcoin é perigoso e não pode ser reserva de valor”, diz analista do Deutsche...

Uma analista do Deutsche Bank, chamada Marion Labor, falou sobre os perigos do uso das criptomoedas, principalmente o Bitcoin, como uma moeda legal. As...
Cadeado destravado e Bitcoin em caso de baixa segurança dos dados corretoras

ABCripto alerta sobre transações da Gas Consultoria e “Faraó dos bitcoins”

Fruto da colaboração de várias empresas do mercado de criptomoedas brasileiras, a ABCripto emitiu um alerta para as transações feitas pela Gas Consultoria e...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias