Funcionário da Microsoft pega 9 anos de prisão por fraude de $10 milhões com Bitcoin

Siga no
Executivo aponta para Microsoft e Bitcoin criptomoedas blockchain
Microsoft/Pixabay

Um ex-engenheiro de software da Microsoft foi condenado a 9 anos de prisão por fraudar a empresa em mais de US $ 10 milhões. A receita federal americana (IRS) afirmou que este foi o primeiro caso de bitcoin envolvendo fraude fiscal.

De acordo com um comunicado da Justiça americana o cidadão ucraniano Volodymyr Kvashuk trabalhou para a Microsoft de agosto de 2016 a junho de 2018, quando foi demitido da empresa. Quase dois anos depois, ele foi condenado a 9 anos de prisão por 18 crimes federais.

Kvashuk foi condenado em fevereiro de 2020 por cinco acusações de fraude eletrônica, seis acusações de lavagem de dinheiro, duas acusações de roubo de identidade, duas acusações de apresentação de declarações fiscais falsas, uma acusação de fraude de correio e fraude de computador para fins de fraude.

Durante o tempo em que trabalhava na Microsoft ele usou indevidamente seus privilégios de acesso à plataforma de vendas online da empresa. Kvashuk aproveitou sua posição para roubar vales-presentes digitais e vender na internet.

Vivendo uma vida de luxo roubando

O engenheiro de software começou acanhado e usou seu próprio acesso à conta para roubar um total de cerca de $ 12.000. A ganância de Kvashuk pode muito bem ter sido sua ruína, pois ele começou a usar contas de e-mail de outros funcionários para continuar seu esquema.

Com o dinheiro obtido com a venda dos vales-presentes roubados ele comprou uma casa à beira do lago que custou $1,6 milhão, bem como um luxuoso Tesla de $ 160.000.

Tesla modelo S
Tesla modelo S

Dada a sua experiência como desenvolvedor de software, Kvashuk tentou cobrir seus rastros digitalmente usando um serviço de mixagem de Bitcoins a fim de ocultar a fonte inicial dos fundos que estavam sendo depositados em sua conta bancária pessoal.

“Bitcoin era presente de parente” disse o acusado

A investigação revelou que durante os sete meses de sua atividade ilegal, Kvashuk transferiu mais de US $ 2,8 milhões em Bitcoin para suas contas bancárias. Ele chegou a preencher declarações falsas de imposto de renda, nas quais dizia que os Bitcoins recebidos eram presente de um parente.

Durante o julgamento, Kvashuk disse que não queria fraudar a Microsoft e que estava trabalhando em um projeto especial para beneficiar a empresa. Os promotores afirmaram também que o comportamento do ex-funcionário colocou em risco a carreira de outros funcionários da Microsoft.

“O esquema envolvia mentiras e engano em cada etapa. Ele colocou seus colegas na linha de fogo usando suas contas de teste para roubar cartões de vale presente. Em vez de assumir a responsabilidade, ele testemunhou e contou uma série de mentiras ultrajantes. Não há sinal de que Kvashuk sinta qualquer remorso ou arrependimento por seus crimes”, diz uma nota dos promotores ao tribunal.

Kvashuk foi declarado culpado após um júri deliberar por cerca de 5 horas após um julgamento de cinco dias. Ele também foi condenado a pagar mais de US $ 8,3 milhões em restituição por seus crimes e pode ser deportado para a Ucrânia depois de cumprir sua pena de prisão.

“Você não pode roubar dinheiro pela Internet e achar que Bitcoin vai esconder seus comportamentos criminosos”

O agente especial da receita americana disse que o julgamento será um aprendizado um aprendizado aos perpetradores de crimes cibernéticos.

“O julgamento de Volodymyr Kvashuk marcou uma grande vitória para a IRS e a equipe federal de crimes cibernéticos. Os atos criminosos de Kvashuk de roubar da Microsoft, e subsequente apresentação de declarações de impostos falsas, é o primeiro caso de Bitcoin do país que tem um componente fiscal. Simplificando, a sentença de hoje prova que você não pode roubar dinheiro pela Internet e pensar que o Bitcoin vai esconder seus comportamentos criminosos ”, disse Korner.

Avatar
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.

Justiça manda bitcoin.org revelar quantos bitcoins brasileiro tem

A justiça do Estado de São Paulo expediu um ofício ao Bitcoin.org, considerado o site oficial do Bitcoin no mundo todo. O caso aconteceu...
BlackFriday-Bitcoin

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...
Imagem: Coin360

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Últimas notícias

Bitcoin com 20% de desconto na Black Friday

O bitcoin estará à venda com desconto nesta Black Friday, quando se espera que bilhões sejam gastos em todos os tipos de produtos e...

Por que o Bitcoin caiu $ 3.000 em poucas horas?

O Bitcoin não conseguiu superar seu preço histórico e caiu rapidamente de $ 19.500 para menos de $ 17.000. A moeda digital chegou enfrentar...

Adolescente tem o sonho de ser investidor de criptomoedas

Um adolescente que ainda cursa o ensino médio no Brasil tem o sonho de ser investidor de criptomoedas ou trabalhar em uma agência bancária. O...