Jovens distraídos no trabalho olhando preço do Bitcoin irritam empresas

Funcionários ficam o dia inteiro olhando preço do Bitcoin.

Siga no
Jovens distraídos. Imagem: Adobe Stock
Jovens distraídos. Imagem: Adobe Stock

A alta nos preços das criptomoedas fez o interesse por ativos digitais aumentar. As pessoas que se envolvem com o mercado adquirem o hábito de verificar o preço das moedas praticamente o tempo todo e isso está ameaçando o mercado de trabalho sul-coreano, de acordo com o site local Chosun.

Segundo a matéria, várias empresas estão irritadas com o fato de os funcionários na faixa dos 20 e 30 anos estarem distraídos durante o trabalho olhando gráficos de preços do Bitcoin ou simplesmente pedindo demissão para se dedicarem totalmente ao mercado de criptomoedas. Isso estaria criando uma escassez de jovens focados no trabalho.

Algumas empresas, inclusive, estão procurando formas de bloquear acessos a sites relacionados com criptomoedas – o mesmo que acontece com sites pornográficos, que são bloqueados nas empresas.

“A maioria dos funcionários de empresas de TI investem em criptomoeda e estamos vendo eles pedirem demissão depois de lucrar mais com seus investimentos em moedas virtuais do que com seus empregos.”, disse um líder de equipe de uma empresa em Pangyo.

Aumento de salário para reter talentos

Um diretor de uma startup em Seul, capital da Coreia do Sul, disse que o movimento tem levado várias empresas de TI a aumentar o salário de seus funcionários para evitar perde-los para o mercado de criptomoedas.

“Os funcionários pedem demissão depois de acumular uma certa quantia de criptomoedas. Esta é uma das razões pelas quais recentemente as empresas de TI começaram a aumentar drasticamente os salários.”

Um jovem de 20 anos ouvido pelo site largou a empresa onde trabalhava por três anos para se dedicar 100% aos ativos digitais.

“Adorei o trabalho, mas percebi que seria financeiramente mais sensato focar em investir”, disse.

De acordo com analistas do país, parte do interesse dos jovens de investir nas criptomoedas se deve ao aumento meteórico nos preços dos ativos nos últimos meses.

Além disso, os imóveis na Coreia do Sul também estão com preços altos, e com os salários atuais os jovens dizem que não podem compra-los.

“Eu entendo que não posso comprar uma casa, não importa o quanto eu economize com meu salário. Apesar da enorme volatilidade, não há outra forma além das criptomoedas que me permitiria acumular capital”, diz um dos jovens ouvidos.

O Bitcoin é conhecido por ter um preço volátil e em poucos segundos pode mudar completamente, assim, é quase impossível não verificar o preço do ativo digital de tempos em tempos.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Ethereum RIP

Ethereum morrerá em meados de 2022

O Ethereum morreu. Estamos em meados de 2022, e além de perder a liderança nos smart contracts, não mais figura entre as 20 maiores....
Polícia Civil de Goiás

Servidores do Detran de Goiás são indiciados por corrupção com suspeita de lavagem de...

Servidores do Detran de Goiás são suspeitos de cometer atos de corrupção e até lavagem de dinheiro com criptomoedas. Na ação quatro pessoas foram...

Twitter coloca bandeira da Etiópia na hashtag #ETH, Jack Dorsey está tirando sarro do...

Jack Dorsey, o CEO do Twitter é um grande apoiador do Bitcoin, mas ele não parece apoiar tanto assim outras conhecidas altcoins, como o...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias