Fundador do Twitter está criando máquina para minerar Bitcoin

Embora existam competidores no setor, é valido notar que a Bitmain é a principal fabricante de ASICs há anos. Além disso, a empresa também é conhecida por usar seus próprios equipamentos para minerar, pratica criticada por algumas pessoas.

Após abandonar o cargo de CEO do Twitter em novembro do ano passado, Jack Dorsey está concentrando suas energias no Bitcoin. Através de sua outra empresa, a Block, Dorsey está formando uma equipe para criar uma máquina para minerar Bitcoin.

No anúncio disponível no LinkedIn, a empresa afirma que o contratado estará trabalhando ao lado de outros profissionais para criar uma ASIC — hardware utilizado para minerar bitcoin — de última geração.

Embora existam competidores no setor, é valido notar que a Bitmain é a principal fabricante de ASICs há anos. Além disso, a empresa também é conhecida por usar seus próprios equipamentos para minerar, pratica criticada por algumas pessoas.

Mineradora da Block

Previamente chamada de Square, a empresa de Jack Dorsey mudou seu nome em dezembro do ano passado após a sua saída do Twitter. Além da mudança para Block, a companhia também parece ter acelerado seu ritmo, contratando novos funcionários para desenvolver uma ASIC, como mostrado abaixo.

“Você fará parte da equipe da Block que desenvolve ASIC de mineração de bitcoin.”

Anúncio de vaga de emprego na Block. Fonte: LinkedIn

Antes mesmo de sua saída, Dorsey já havia deixado pistas que sua empresa estaria focando no desenvolvimento de tais máquinas de mineração. Em uma postagem de outubro, o ex-CEO do Twitter apontou cinco motivos desta empreitada.

O primeiro deles está relacionado a distribuição, ou seja, descentralização de tal poder de mineração. Seguido pela eficiência, tanto em hardware quanto software, e criticando a concentração de fabricação, hoje nas mãos de poucas companhias.

Por fim, seus últimos dois pontos estão relacionados a acessibilidade da mineração para todos. Embora seja fácil encontrar mineradores de altcoins, é difícil encontrar alguém trabalhando com ASICs de bitcoin no Brasil, por exemplo.

O atual estado da mineração

Conforme a mineração de BTC mostrou ser atividade muito rentável, até mesmo as fabricantes utilizam seus próprios equipamentos para mineração. Ou seja, em alguns casos elas aproveitam o uso de hardwares superiores, os quais apenas elas tem acesso.

Outro ponto é que este setor virou um grande negócio e por conta disso, há uma menor descentralização da mineração, hoje em escala empresarial. Ou seja, caso as ideias de Dorsey sejam realizadas, será possível ter mais facilidade de minerar BTC em casa.

Quanto ao lado da Block, esta é uma aposta em um setor de poucos players e muito futuro, como apontado pelo próprio Dorsey. Em outras palavras, é possível que esta seja a próxima ‘mina de bitcoin’ da empresa.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Henrique Kalashnikov
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias