Fundos de hedge apostam agressivamente em alta do Bitcoin

Moeda digital tem sido adquirida após enorme queda nos preços!

-

Nos siga no:
Três Bitcoins
Três Bitcoins

Se a queda do Bitcoin foi marcante no mês de maio, o fim do mês mostra que uma nova perspectiva poderia mudar o cenário. Isso porque, alguns fundos de hedge tem apostado agressivamente em uma alta do Bitcoin.

Para um analista da Messari Crypto, o cenário é interessante, uma vez que o Bitcoin volta a ser especulado como promissor no futuro. Mesmo assim, o momento pode ser de cautela, e os fundos poderiam estar se arriscando.

Apesar da aposta de alta, um cenário de medo extremo tem sido visto por outro indicador. O início de semana começa positivo ao preço do Bitcoin, que já valoriza mais que 3%, cotado a R$ 32 mil por unidade.

Criptomoeda Bitcoin
Criptomoeda Bitcoin

Fundos de hedge apostam em alta de preço do Bitcoin

Os chamados fundos de hedge, ou de cobertura, são aqueles que investem em ativos alternativos. Essa classe de investimento permite aos administradores de fundos comprarem produtos além de bolsas tradicionais.

Neste sentido, muitos fundos de hedge já compram Bitcoin (BTC), a maior moeda digital do mundo. O Bitcoin deu nos últimos anos um grande retorno e, apesar de sua recente correlação com mercados tradicionais, possui uma oferta e demanda própria.

De acordo com um analista da Messari Crypto, Qiao Wang, a recente queda do Bitcoin chamou atenção destes fundos. Com isso, administradores de de fundos de hedge estariam, segundo Qiao, apostando agressivamente em uma alta do Bitcoin.

O analista afirmou que a medida é um pouco arriscada, principalmente pelo atual momento de indecisão da crise financeira de 2020. Para Qiao, os fundos devem observar o cenário macro com mais cautela e ter mais noção do gerenciamento de risco.

Gerenciar o dinheiro de outras pessoas é diferente de gerenciar o seu próprio dinheiro.

Bitcoin e Dólar
Bitcoin e Dólar

Outro analista crê que fundo de preço do Bitcoin foi alcançado com queda recente

No último dia 12 de março muitos traders perderam o sono, ao ver o preço do Bitcoin cair duramente 50% de seu valor. A queda, que tirou a moeda do preço em U$ 7600 mil, levou para U$ 3700 no mesmo dia.

Gráfico do Bitcoin do mês de março de 2020
Gráfico do Bitcoin do mês de março de 2020 – Reprodução/CoinMarketCap

O episódio, que foi marcante, mostrou o fundo de preços do Bitcoin para Tony Vays. O trader dizia acreditar que o Bitcoin iria valer U$ 2800 em breve, mas após a queda para U$ 3700, não acredita mais em uma queda brusca.

Para Vays, a queda só foi interrompida devido aos problemas que a BitMEX teve, ou seja, poderia ter sido pior. Mesmo assim, com o resultado deste episódio visto em março, Vays acredita que o fundo do Bitcoin é dezembro de 2018, sendo uma marca que não deve ser superada mais.

Em seu programa no YouTube, que conta com mais que 90 mil inscritos, o analista afirmou acreditar no potencial do halving do Bitcoin. Vays destacou que o halving deverá atuar no apoio de preço do Bitcoin.

Medo extremo continua no mercado de Bitcoin, mesmo patamar de 2018

Se alguns já miram altas valorizações do Bitcoin, apostando na alta do preço do BTC, sinais revelam uma contradição. Isso porque, de acordo com o Índice de Medo do Bitcoin, o cenário está extremo.

O site alternative.me acompanha o medo do mercado diariamente, com gráficos de medo do Bitcoin. Em relação ao atual momento vivido pela moeda digital, o início de semana começa com tom de cautela.

O gráfico aponta que o medo está extremo com o preço do Bitcoin, uma vez que registrou nesta segunda (30) o valor 10. O índice varia de 0 a 100, sendo o limite mínimo relacionado ao medo e o máximo sendo medido otimismo.

Medo do Bitcoin na segunda 30/03/2020 é extremo, mesmo patamar de 2018
Medo do Bitcoin na segunda 30/03/2020 é extremo, mesmo patamar de 2018 – Reprodução/Alternative.me

De fato, a medida chama muita atenção para cautela dos investidores, porque a última vez que chegou na marca foi em dezembro de 2018. Cabe o destaque que aquele foi um dos meses que a moeda mais desvalorizou.

Após dezembro de 2018, a marca de medo do Bitcoin foi baixa em agosto de 2019. Naquele mês a moeda oscilou de U$ 9 mil para U$ 12 mil, recuando para a marca inicial novamente em menos de 30 dias.

Por fim, não se sabe se o medo extremo do mercado será de longo prazo, medida que poderia atrapalhar a posição dos fundos de hedge em relação a uma alta do Bitcoin.

Quer receber novidades no e-mail? Assine nossa  Newsletter.
Saiba tudo sobre:
Anúncio

Bitcointrade - 95% dos depósitos aprovados em até 30 minutos!

Eleita a melhor corretora do Brasil. Segurança, Liquidez e Agilidade. Não perca mais tempo, complete seu cadastro em 5 minutos!

Complete seu cadastro em 5 minutos!
Gustavo Bertolucci
Gustavo Bertolucci
Entusiasta de Bitcoin, formado em Análise de Dados e BI.

Escreva seu comentário:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pai e Filho caminhando

Bitcoin será o presente de um pai para filho

O Bitcoin é uma moeda digital que pode ser utilizada de qualquer local do planeta terra. Como um ativo que carrega valor, um pai...
Censura é proibida pela Carta Magna no Brasil

O papel do Bitcoin em meio à discussão sobre censura nas Internet

Recentemente uma grande discussão sobre a “censura” nas redes sociais vem tomando conta de diferentes plataformas, principalmente nos EUA e no Brasil, onde certas...
Máquinas de mineração de Bitcoin da Bitmain

Programa de certificação da Bitmain será expandido

A mineração de Bitcoin é uma atividade essencial da rede, que garante o funcionamento da rede e segurança. Uma das principais empresa do mercado...
Apresentador Ratinho

Empresa suspeita de pirâmide diz que vai aparecer em live do Ratinho

Uma possível pirâmide financeira que tem prometido rendimentos garantidos aos clientes afirma que irá aparecer em uma live do apresentador Ratinho, do SBT. A...
Golpe com criptomoedas

Golpistas usam nome da Forbes para realizar fraudes com criptomoedas

Os golpes dentro do criptomercado continuam acontecendo em diferentes plataformas. Geralmente eles utilizam um nome reconhecido para validar alguma plataforma suspeita e que rouba...