Governo do Uruguai alerta contra golpes com criptomoeda e cita “DonjuanCoin”

Várias "Fake Coins" estão atacando no país, que emitiu alerta.

bandeira do Uruguai
bandeira do Uruguai

O Governo do Uruguai, por meio do Ministério do Interior, alertou para os novos golpes com criptomoedas sendo aplicados em investidores. A nova leva de golpes foi apelidada pelo governo de “FakeCoins”, que são estratégias para roubar criptomoedas de vítimas.

E segundo o governo não são poucas as modalidades de golpes das quais os investidores devem se manter atentos, visto que podem chegar disfarçados de vários temas.

Dessa forma, o caso mostra a importância de se estudar antes de buscar investir no mercado de criptomoedas, que apresenta o bitcoin como a única moeda com tecnologia testada e validada há 13 anos.

Governo do Uruguai alerta contra golpes com criptomoedas de “FakeCoins”

A União Europeia tem um programa chamado “EL PAcCTO”, onde promete por meio desse ajudar a América Latina a combater o crime organizado internacional. Com esse, o projeto começou a divulgar sobre as ameaças detectadas no mercado de criptomoedas.

E o Ministério do Interior, do Governo do Uruguai, compartilhou o material em sua página na última quarta-feira (18), indicando que está atento aos golpes neste mercado.

“O objetivo é que os cidadãos possam conhecer os casos de crimes mais comuns para identificá-los, saber o que fazer e como consultar os canais de denúncia de cada país participante.”

E o projeto “FakeCoins” dá destaque para vários nomes cômicos para as fraudes, sendo “DonJuanCoin” apenas um deles, sendo este focado em dar golpes em investidores por meio da sedução.

Outro golpe comum tem sido o de figuras públicas que divulgam investimentos com alta rentabilidade e em pouco tempo, que ganhou nome de “CelebriCoin”.

“Golpes são criados para confundir investidores”

O que chama atenção para o novo alerta do governo do Uruguai, com base em uma campanha mundial, é que ele não indica que as criptomoedas são golpes, mas sim que são utilizadas por golpistas em suas atividades criminosas.

Um dos golpes alertado pela nova campanha também é o de pirâmides financeiras, que podem ser um dos mais letais dos últimos anos, sendo apelidado de “PiramiCoin”.

Os outros golpes denunciados são o “WebCoin” (sites que simulam carteiras de investimentos), “AppCoin” (aplicativos que se passam por carteiras de investimentos reais) e, por fim, “MailCoin” (golpe que aparecerá em sua caixa de entrada de e-mail, acompanhado de depoimentos de celebridades, promete multiplicar rapidamente seu investimento, ou até mesmo oferecer as primeiras criptomoedas gratuitas).

Símbolo da Campanha de países da América Latina e Europa contra golpes de criptomoedas
Símbolo da Campanha de países da América Latina e Europa contra golpes de criptomoedas. Reprodução.

Para dar mais voz a essa campanha, países da América Latina em conjunto com Portugal e Espanha criaram o site FakeCoins.org. O Brasil não é citado pelo site, indicando que não participa da iniciativa.

De qualquer forma, a campanha pede que vítimas de golpes denunciem o caso para autoridades locais.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias