Primo Rico se torna sócio de uma das maiores corretoras de criptomoedas do Brasil

Empresa que tem entre os sócios Thiago Nigro, o Primo Rico, seguirá como sócio em empresa que comprou a Biscoint.

Primo Rico comenta sobre momento do Bitcoin
Primo Rico comenta sobre momento do Bitcoin. YouTube

Operando no mercado há alguns anos, a exchange Biscoint foi vendida para a Bitpreço, conforme anúncio divulgado nesta quinta-feira (21). Dessa forma, o Grupo Primo se torna sócio de uma nova corretora de criptomoedas.

Isso porque em 2021, o Grupo Primo, empresa que tem como sócios Bruno Perini e Thiago Nigro, comprou uma parte da corretora Biscoint. O anúncio chamou atenção do mercado de criptomoedas brasileiro, visto que a empresa tem alguns dos maiores influencers de finanças no país.

A corretora Biscoint detém uma equipe de 25 colaboradores e deve migrar toda sua tecnologia e sistemas para a plataforma Bitpreço. Essa última se apresenta como um marketplace de compra de Bitcoin pelo melhor preço, fazendo interface para que usuários comprem com poucos passos.

Grupo Primo vira sócio da Bitpreço

Informações divulgadas com o Livecoins apontam que a compra da Biscoint, corretora criada em 2016, agora é parte da BitPreço. A compra da corretora foi feita integralmente pelo marketplace de criptomoedas, primeira de sua história e em meio ao chamado inverno cripto.

A intenção é integrar com o tempo as equipes e lançar novos produtos no mercado de criptomoedas, operação que conta até com a participação do Grupo Primo, que segue sócio da BitPreço.

A aquisição é considerada um movimento de consolidação do mercado brasileiro de criptomoedas e une duas grandes plataformas. Nos próximos anos, a nova equipe planeja lançar até um CriptoBanco no Brasil.

De acordo com Ney Pimenta, CEO da BitPreço, a intenção é triplicar a operação, focando em aumentar a base de clientes institucionais.

“Esperamos triplicar de tamanho nos próximos três anos, apoiados em crescimento orgânico, possíveis novas aquisições e novos produtos. Hoje, 90% dos nossos usuários são B2C, mas estamos expandindo nossa atuação também em B2B por meio do novo produto de Crypto as a Service, que pretende facilitar a incorporação de criptomoedas em aplicativos de outras empresas. Em breve, teremos também o lançamento do Criptobanco.”

Dados do Mercado Cripto apontam que, nas últimas 24 horas, 15% de todos os bitcoins negociados no Brasil foram feitos pela BitPreço, segunda maior operação no período.

Bitpreço é a segunda corretora com maior volume de Bitcoin no Brasil, em 21 de julho de 2022
Bitpreço é a segunda corretora com maior volume de Bitcoin no Brasil, em 21 de julho de 2022. Reprodução.

BitPreço deve começar a liberar pagamentos com Lightning Network

Uma das forças da Biscoint no mercado foi ser a primeira corretora do país a liberar a Lightning Network como meio de transações com Bitcoin para clientes. Essa tecnologia também deve ser incorporada pela BitPreço em breve.

Durante a fase de transição, as marcas seguem operando normalmente e devem ir se integrando gradualmente. A BitPreço irá manter todos os funcionários da Bitcoint, assim como seus dois principais produtos.

Inclusive, os dois fundadores da corretora, Jonathas Carrijo (CEO) e Thiago Borges (CTO), seguem como conselheiros na nova operação nas áreas de produto e tecnologia.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

Últimas notícias