Hacker que roubou conta de famosos no Twitter é condenado a 3 anos de prisão

Ele foi condenado e recebeu uma pena de três anos de prisão, seguido por mais três anos de liberdade condicional.

Foto de registro de prisão Graham Ivan Clark . Fonte: Escritório do Xerife de Hillsborough

Em julho de 2020 tivemos um dos ataques hackers mais notórios da história do Twitter. Milhares de contas foram comprometidas e nomes importantes foram usados para divulgar diferentes golpes, principalmente envolvendo Bitcoin.

Contas verificadas de Bill Gates, Joe Biden e Elon Musk estiveram entre os perfis comprometidos. Agora o acusado de ser o principal coordenador do ataque foi condenado a 3 anos de prisão.

Após uma rápida investigação depois do ocorrido, o FBI chegou até o culpado do ataque hacker, um adolescente de 17 anos, morador de Tampa, na Flórida, Graham Ivan Clark. A notícia da condenação de Clark foi publicada no Twitter por Justin Schecker, repórter do canal 8.

De acordo com Justin, Graham se declarou culpado diante da corte. Ele foi condenado e recebeu uma pena de três anos de prisão, seguido por mais três anos de liberdade condicional.

Os termos da condicional de Graham incluem uma supervisão constante de seus equipamentos eletrônicos e todas as suas contas online pelo Departamento de Lei da Flórida e pelos agentes de condicional.

Golpe causou prejuízo de mais de R$ 615 mil

O ataque ao Twitter não foi tão sofisticado como muitos imaginaram, Graham conseguiu ter acesso à conta de um funcionário da plataforma, essa conta “especial” podia ter acesso e postar em qualquer outra conta do Twitter, sem a necessidade de atacar todas as senhas dos perfis invadidos.

O golpe durou pouco mais de 6 horas para ser contornado, mas conseguiu causar um prejuízo tremendo.

Muitas pessoas acreditaram nas promessas de Bitcoin e nos inúmeros golpes que foram divulgados através dessas contas reais.

Antes de perceberem que as contas tinha sido comprometidas, investidores enviaram mais de R$ 615 mil para os endereços que estavam sendo divulgados pelos hackers.

Ao que tudo indica, Graham vendeu o acesso das contas que ele conseguiu comprometer para pelo menos mais dois participantes do ataque.

Além do prejuízo direto causado aos investidores, o ataque também prejudicou os investidores de ações do Twitter, que acabou tendo uma queda de preço após muitos ficarem preocupados com o nível de segurança da plataforma.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias