Hackers roubam bitcoins da polícia da Nova Zelândia

O fundador de uma das maiores corretoras do país, a BitPrime, comentou a notícia, chamando o evento de "muito selvagem."

Siga no

Hackers conseguiram roubar US $ 32.000 (R$168 mil) em Bitcoin de uma carteira da polícia da Nova Zelândia, as autoridades pretendiam usar a criptomoeda em uma investigação sobre venda de drogas pela Internet.

Os hackers conseguiram acessar o computador onde a carteira de Bitcoin estava instalada e drenaram todos os fundos.

A polícia ainda não sabe como os hackers conseguiram o acesso, mas o investigador do caso disse que os criminosos “provavelmente são do exterior” e que o “crime foi parte de uma fraude mais ampla”, de acordo com o site New Zealand Herald.

Ele disse que a investigação não encontrou nenhuma conduta indevida da equipe e que vai revisar as recomendações para melhorar os processos policiais. Uma política atualizada havia sido elaborada e estava em estudos.

“A polícia se comprometeu a aprender com este incidente e a introduzir processos mais rígidos para que não aconteça novamente”. – Disse o detetive que investiga o caso.

Ele disse também que a polícia comprou Bitcoin por US $ 45.000 para uso em uma investigação.

As investigações sobre para onde foi o dinheiro e como os hackers conseguiram hackear o computador ainda estão em andamento.

De acordo com sites locais, a polícia da Nova Zelândia tem conhecimento sobre criptomoedas, isso sugere que ela deveria saber como armazenar os bitcoins com segurança, o que se provou falso.

No ano passado, as autoridades do país apreenderam cerca de US $ 90 milhões em Bitcoin de um operador de ransomware que cometia crimes contra várias empresas.

O valor da perda para a polícia não é muito grande – cerca de US $ 32.000. Ou seja, os invasores roubaram um bitcoin.

O fundador de uma das maiores corretoras do país, a BitPrime, comentou a notícia, chamando o evento de “muito selvagem.”

Ele disse que quem quer que tenha roubado os bitcoin, “teria que ter acesso às chaves privadas da carteira ou da frase de backup”.

“Ter essas chaves privadas é a mesma coisa que ter dinheiro. Se eu fosse o responsável pela investigação, estaria olhando para quem teve acesso às chaves ou frase de backup.”

Ele sugeriu também que a polícia pode ter sido enganada e enviado os bitcoins para golpistas.

“Se a polícia mandou para alguém e essa pessoa não cumpriu sua parte do trato, você não pode reverter isso. A criptomoeda é implacável. Se você cometer um erro, não pode reverter.”

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Livecoins
Livecoins é um portal de blockchain e criptoeconomia focado em notícias, artigos, análises, dicas e tutoriais.
Sites de negociações de criptomoedas, cuidado com golpes

Cinco sites de investimentos em criptomoedas recebem ordem de parada

Nos últimos dias, cinco sites que prometiam investimentos com criptomoedas para pessoas receberam uma ordem de parada, com as autoridades aumentando sua escalada com...
Delegado da Polícia Civil do Rio de Janeiro

“Faraó dos Bitcoins” mandou matar concorrente em Cabo Frio, diz Polícia

O delegado da 126.ª DP de Polícia Civil do Rio de Janeiro, Carlos Eduardo, comentou sobre a finalização do inquérito que acusa o "Faraó...
Criptomoedas próximas a uma folha com a frase Procurando por liberdade

FGV promove evento sobre perfil de investidores de criptomoedas

A Fundação Getúlio Vargas (FGV), por meio de sua escola de economia, vai apresentar os resultados de um estudo sobre investidores de criptomoedas. O evento...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias