iFood vai utilizar criptomoeda para ajudar meio ambiente

Empresa começa a compensar emissão de poluição no meio ambiente.

Siga no
iFood
iFood/Reprodução

O programa iFood Regenera, cujo compromisso é ajudar o meio ambiente, vai utilizar uma criptomoeda brasileira chamada MOSS no processo. A iniciativa começa a partir desta quinta-feira (1).

Maior empresa de delivery do Brasil, a plataforma cresceu sua base de usuários no último ano. Contudo, as entregas feitas pelo popular aplicativo poderiam colocar em risco o meio ambiente.

Além da poluição causada pelas motos, embalagens plásticas também são comuns durante as entregas. Assim, a empresa está atenta ao seu impacto e se preocupa em lançar iniciativas para reduzir os problemas causados ao meio ambiente.

iFood vai utilizar criptomoeda brasileira para compensar emissão de CO2

De acordo com o iFood, todo pedido feito pelo aplicativo a partir desta quinta já vai compensar o CO2. A medida será feita para ajudar na preservação do meio ambiente, reduzindo os impactos que o aplicativo causa.

“O iFood é a primeira empresa de delivery brasileira a ter 100% das suas entregas neutras em CO2 de forma antecipada. A partir de 1 de Julho, todo pedido feito no iFood já foi compensado para preservar o meio ambiente.”

Para conseguir resolver este problema a empresa fez uma parceria com a MOSS, que trabalha com crédito de carbono em blockchain. Segundo site da Moss.Earth, já foram enviados mais de R$ 50 milhões para preservar o desmatamento da Amazônia em um ano.

“Em parceria com a Moss, já compensamos todo CO2 que vamos emitir nos próximos anos por meio da compra de créditos de carbono, ajudando na preservação da Amazônia. E tem mais coisas vindo por aí.”

Se a gente ajudar, mais e mais florestas entrarão em campo pelo país. Vamos fazer um futuro diferente investindo em projetos de reflorestamento. Vem com a gente regenerar o meio ambiente.”

Iniciativa foi apresentada durante clássico entre Corinthians e São Paulo

A iniciativa do iFood acabou sendo apresentada na noite da última quarta-feira (30), durante o clássico Corinthians e São Paulo, com narração de Cléber Machado. Para demonstrar a nova iniciativa, uma floresta virtual surgiu no meio do campo da Neo Química Arena.

No Brasil, o Moss Carbon Credit (MOC2) é negociado na corretora Mercado Bitcoin.

Vale o destaque que o Moss já é parceiro do clube de futebol Flamengo, estampando o meião dos jogadores, e da empresa de aviação Gol.

Com a chegada do iFood, o token criado para a proteção do meio ambiente ganha mais atenção em um momento que a agenda global está alinhada com essa pauta ambiental.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Gustavo Bertoluccihttps://github.com/gusbertol
Graduado em Análise de Dados e BI, interessado em novas tecnologias, fintechs e criptomoedas. Autor no portal de notícias Livecoins desde 2018.

O Ethos de um Bitcoinheiro

Desde que eu caí na toca do coelho, algo sempre chamou a minha atenção: como os bitcoinheiros possuem um ethos próprio bastante particular. Primeiro,...
Moedas físicas de Bitcoin em várias cores

Fundo de Investimentos em Cingapura anuncia compra de Bitcoin “físico”

Um fundo de investimentos baseado em Cingapura anunciou uma nova compra de Bitcoin "físico", o que causou surpresa no mercado local. O setor financeiro tradicional...
Jogador do Flamengo Gabriel Barbosa

Token do Flamengo despenca após derrota para o Palmeiras na Libertadores

Nas últimas 24 horas, o fan token do Flamengo despencou mais de 27%, após o clube ser derrotado pelo Palmeiras na final da Copa...
.

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias