Investidor bilionário desiste de Ethereum e aposta em outra criptomoeda

Bilionário tem ações de gigantes como o Facebook e Spotfy

Siga no

Jim Breyer é um nome bastante conhecido dentro do mercado de investimentos de risco. Por isso sua mais recente decisão de retirar a criptomoeda Ethereum de sua lista de aplicações acabou chamando a atenção de muitas pessoas.

Durante muito tempo, ele ostentou orgulhoso a criptomoeda entre suas opções de investimentos, algo que parece ter mudado recentemente. Por outro lado, ele não abandonou o criptomercado, pois ainda mantém negócios com a Circle e a VeChain.

Naturalmente, a decisão por parte de Breyer trouxe um clima ambíguo para os investidores. Enquanto os entusiastas da Ethereum temem que a decisão do bilionário acarrete em perdas para a criptomoeda, os fãs da VeChain comemoram como uma vitória.

Diversos tipos de especulação a respeito do que ele está pensando começaram a surgir. Algumas pessoas chegaram a acreditar que é uma brincadeira de primeiro de abril. Já outras apostam no fato de que o empresário está a espera do ETH 2.0 para voltar-se novamente para o ativo.

Seja como for, os negócios de Jim Breyer estão sempre em pauta, tanto dentro do mercado tradicional quanto do criptomercado.

Entre seus investimentos mais notáveis estão as ações de gigantes como o Facebook e o Spotfy. Assim sendo, não é difícil descobrir porque o fato dele ter tirado Ethereum de sua lista de investimentos está causando tanto alvoroço até agora.

Ve chain

Uma visão diferenciada do criptomercado

O bilionário é bastante conhecido por seu conhecimento do criptomercado, que aliado ao seu tino apurado para negócios já lhe deu muito dinheiro. Sua opinião foi levada muito a sério após as recentes quedas que as criptomoedas sofreram em decorrência da pandemia de coronavírus.

A fé de Breyer nos ativos digitais nunca foi embora, e se tornou ainda mais forte na medida em que estes começaram uma trajetória de recuperação.

Sua opinião é de que, em meio a tanta instabilidade relacionada aos mercados tradicionais, o que ele considerou “dinheiro inteligente” está no blockchain.

Assim, suas apostas neste tipo de ativo continuam firmes e fortes, e por isto abdicar do Ethereum chama tanto a atenção. Talvez seja o seu sexto sentido para negócios lhe avisando de algum problema, ou oportunidade.

De qualquer forma, ainda não há um pronunciamento oficial de Breyer a respeito do fato. Em declarações passadas que deu com relação ao Ethereum e outras criptomoedas, o bilionário sempre foi enfático dizendo que não iria “apostar contra os melhores”.

Por isso, cabe a todos esperar para ver o que ele tem em mente e quais serão os seus próximos passos. Afinal, isto pode trazer um grande impacto para o criptomercado e seus investidores.

Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".
Diego Armando Maradona homenagem criptomoeda Ethereum morreu

Maradona é eternalizado em blockchain Ethereum

Maradona significa na Argentina a perfeição de um jogador de futebol, sendo por lá um ícone do esporte. Após a notícia de sua morte,...
Carro de polícia com sirene ligada policiais criptomoedas Bitcoin

Polícia Civil recebe treinamento de identificação e apreensão de criptomoedas no exterior

Chegou ao fim mais um curso de capacitação promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no Brasil. Agora, vários policiais aprenderam a bloquear...

CVM dos EUA é acusada de dar vantagens à China no mercado cripto

O Diretor de Inteligência Nacional (DNI) dos Estados Unidos, John Ratcliffe, enviou uma carta ao presidente da Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) expressando...

Últimas notícias

Polícia Civil recebe treinamento de identificação e apreensão de criptomoedas no exterior

Chegou ao fim mais um curso de capacitação promovido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública no Brasil. Agora, vários policiais aprenderam a bloquear...

CVM dos EUA é acusada de dar vantagens à China no mercado cripto

O Diretor de Inteligência Nacional (DNI) dos Estados Unidos, John Ratcliffe, enviou uma carta ao presidente da Comissão de Valores Mobiliários americana (SEC) expressando...

Bitcoin bate recorde de preço no Canadá

O preço do Bitcoin no Canadá bateu recorde de preço. A moeda digital foi negociada a C$ 25.300 pela primeira vez na história do...