Investidor de Goiás processa 18k Ronaldinho em R$ 36 mil

Siga no

As primeiras ações contra a 18K Ronaldinho, empresa de criptomoedas que prometia rendimentos diários de até 2,5% ao dia, já começaram a aparecer na Justiça brasileira.

Em Goiás, o investidor Rafael Lopes Rodrigues moveu ação pedindo restituição de R$ 36 mil investidos na plataforma, que tinha o jogador Ronaldinho Gaúcho como garoto-propaganda.

“Investi em setembro do ano passado, com a promessa de receber os lucros prometidos, mas desde outubro já tive problema e resolvi entrar na Justiça o mais rápido possível”, disse Rodrigues ao portal Livecoins.

18k Ronaldinho não compareceu à audiência

No dia 18 de dezembro de 2019, conforme o termo de sessão de conciliação acessado pelo Livecoins, foi feita uma audiência entre Rodrigues e a 18k Ronaldinho, mas nenhum representante da empresa compareceu.

Por causa disso, a Justiça tomou como verdade a alegação feita pelo investidor, conforme estipula a legislação nos casos em que uma das partes não comparece à audiência.

“Nesta semana, assim que o judiciário voltar do recesso, acredito que sairá a sentença definitiva. Estou confiante que até março eu consiga receber o montante investido”, falou Rodrigues.

Atrasos na 18K Ronaldinho começaram em novembro

A 18K Ronaldinho, que recentemente mudou o nome para 18k World, começou a atrasar os pagamentos em novembro do ano passado, conforme relatos de clientes na internet.

O presidente da 18k Ronaldinho, Marcelo Lara, tentou justificar o atraso alegando que a empresa teria sido vítima de uma suposta fraude.

“Desculpa” semelhante foi dada por outras empresas de criptomoedas com problemas na Justiça. Alguns exemplos são Projeto Rota 33, Grupo Bitcoin Banco e Binary Bit.

MPF investiga 18k Ronaldinho

Desde o final do ano passado, o MPF (Ministério Público Federal) investiga a 18k Ronaldinho, que tem indícios de pirâmide financeira, conforme matéria publicada pelo portal UOL.

O jogador Ronaldinho Gaúcho chegou a ser ouvido e declarou não fazer parte do negóco. Falou ainda que, como os outros investidores, também teria sido lesado pelo grupo.

No depoimento, o jogador também afirmou que a empresa teria usado sua imagem sem autorização.

Investidores investiram por causa de Ronaldinho Gaúcho

Apesar da tentativa de se desvincular do grupo, é fato que muitos investidores só colocaram dinheiro na 18k por causa da propaganda feita pelo ex-craque da seleção brasileira.

“A imagem dele deu mais credibilidade à empresa e influenciou minha decisão na hora de optar por fazer um investimento”, disse Rodrigues.

Outro cliente, na plataforma Reclame Aqui, também disse que o jogador influenciou sua decisão.

“Confiante na figura do Ronaldinho Gaúcho fiz meu cadastro na 18KRonaldinho em 01.10.19 e em seguida fiz um aporte de US$ 2.100, recebi apenas US$ 92,35, após isso o site da empresa ficou paralisado para manutenção e até hoje 31.12.19 encontra-se do mesmo jeito. Eu só que o meu dinheiro de volta(…)”, relatou.

À Revista Época, o advogado de Ronaldinho Gaúcho disse que o jogador formalizou contrato com a 18k para a venda de produtos em geral e que, quando percebeu que a empresa oferecia remuneração para terceiros, decidiu rescindir o contrato.

“Fomos vendo o que eles estavam fazendo, notificamos e rescindimos o contrato (…). O Ronaldo não tem nada a ver com essa suposta prática de pirâmide financeira”, disse Queiroz. 

Cresce número de reclamações contra a 18k

Por causa dos atrasos, o número de reclamações contra a 18k Ronaldinho não para de crescer no Reclame Aqui e nas redes sociais.

Só na plataforma de reclamação há pouco mais de 300 comentários feitos por investidores que não conseguem reaver os recursos investidos no negócio.

“Empresa falsa e sem compromisso”, “só quero o meu dinheiro de volta” e “18k não me paga” são algumas das reclamações feitas pelos clientes da empresa.

Saiba tudo sobre:
Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).
Sean Ono Lennon

Filho do cantor John Lennon diz que Bitcoin aumentou sua autoestima

Sean Ono Lennon, o filho do cantor John Lennon acredita que o Bitcoin ajuda as pessoas de uma forma que elas nunca viram antes....
Banco Tangerine do Canadá

Banco toma dinheiro da conta poupança de cliente que caiu em golpe

Um homem caiu em um golpe de falso emprego e perdeu $ 3.000, os falsos empregadores deram ele um cheque e pediram que ele...
Mann é conhecido na comunidade como "Chewbacca".

“Estamos presenciando a última vez que pessoas ficarão ricas com Bitcoin no Brasil”, diz...

Com a recente alta do Bitcoin e um importante desenvolvimento nos fundamentos da criptomoeda, muitos apostam que estamos apenas no começo da valorização da...

Últimas notícias

Banco toma dinheiro da conta poupança de cliente que caiu em golpe

Um homem caiu em um golpe de falso emprego e perdeu $ 3.000, os falsos empregadores deram ele um cheque e pediram que ele...

“Estamos presenciando a última vez que pessoas ficarão ricas com Bitcoin no Brasil”, diz especialista

Com a recente alta do Bitcoin e um importante desenvolvimento nos fundamentos da criptomoeda, muitos apostam que estamos apenas no começo da valorização da...

Sócio da GENBIT desaparece e não é encontrado pela justiça

Um sócio da GENBIT desapareceu e não foi encontrado pela justiça brasileira. Agora, ele terá alguns dias para se apresentar. A empresa é acusada...