Investidor perde R$ 58 milhões com queda do Bitcoin

Pressão vendedora de diversas partes do mercado fez Bitcoin cair.

Um investidor foi liquidado em R$ 58 milhões na madrugada desta quinta-feira (4) após o Bitcoin ficar abaixo dos US$ 57.000. No entanto, ele não foi o único.

Dados da Coinglass revelam que mais de 100 mil investidores foram liquidados nas últimas 24 horas. No total, a quantia ultrapassa a casa de R$ 1,6 bilhão, sendo R$ 1,4 bilhão em posições compradas.

“Nas últimas 24 horas, 104.889 traders foram liquidados, totalizando US$ 294 milhões (R$ 1,6 bilhão) em liquidações”, escreveu a Coinglass. “A maior ordem de liquidação individual ocorreu na Huobi — BTC—USD no valor de US$ 10,49 milhões (R$ 58 milhões).”

Lista das maiores liquidações no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas. Fonte: Coinglass.
Lista das maiores liquidações no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas. Fonte: Coinglass.

Por que o Bitcoin está caindo?

Após perder o suporte na região dos US$ 60.000, o Bitcoin chegou a ficar abaixo dos US$ 57.000 nesta quinta-feira (3). O motivo pode estar ligado a grande pressão vendedora vinda de diversas partes.

Como exemplo, o governo da Alemanha continua enviando seus 50.000 bitcoins para corretoras. A quantia está avaliada em R$ 16,2 bilhões.

Outro governo que está fazendo o mesmo é o americano. Na semana passada, os EUA enviaram R$ 1,3 bilhão em Bitcoin para a Coinbase. Mais tarde, também anunciaram uma parceria com a mesma corretora para custodiar seus 213 mil bitcoins, avaliados em R$ 69 bilhões.

Mineradores também estão despejando suas criptomoedas no mercado. Segundo dados da CryptoQuant, mais de 15 mil bitcoins foram transferidos para corretoras entre segunda e terça-feira.

Por fim, também tivemos uma movimentação por parte da Mt. Gox, corretora que faliu em 2014, nesta madrugada. Suas carteiras possuem 141 mil bitcoins, mas a corretora realizou três transações de apenas 0,0001 BTC cada. Ao que tudo indica, seriam testes antes de começar a liquidação desses R$ 45,6 bilhões.

Mt. Gox, corretora que faliu em 2014, faz três transações de Bitcoin. Fonte: Arkham Intelligence.
Mt. Gox, corretora que faliu em 2014, faz três transações de Bitcoin. Fonte: Arkham Intelligence.

O único lado que não está participando dessa pressão vendedora são os ETFs americanos. De qualquer forma, também não estão apresentando nenhuma demanda nas últimas semanas a ponto de equilibrar essa balança.

Crítico do Bitcoin provoca investidores

Enquanto o Bitcoin cai, quem se diverte são os críticos. Um dos maiores, Peter Schiff, aproveitou o momento para colocar pânico entre investidores mais novos. Segundo o economista que previu a crise de 2008, a queda está apenas começando e pode ser histórica.

“Como você pode ver, o #Bitcoin está em um suporte crítico. Se ele não se mantiver, cuidado, pois a queda pode ser grande.”

De qualquer forma, vale lembrar que o Bitcoin ficou bem a frente dos rendimentos do ouro, ativo preferido de Schiff, no primeiro semestre de 2024. Portanto, o economista possui algumas mágoas com quem zombou de seu portfólio.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Siga o Livecoins no Google News.

Curta no Facebook, TwitterInstagram.

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Henrique HK
Henrique HKhttps://github.com/sabotag3x
Formado em desenvolvimento web há mais de 20 anos, Henrique Kalashnikov encontrou-se com o Bitcoin em 2016 e desde então está desvendando seus pormenores. Tradutor de mais de 100 documentos sobre criptomoedas alternativas, também já teve uma pequena fazenda de mineração com mais de 50 placas de vídeo. Atualmente segue acompanhando as tendências do setor, usando seu conhecimento para entregar bons conteúdos aos leitores do Livecoins.

Últimas notícias

Bitcoin 2024

Últimas notícias