Linkedin: Desenvolvedor Blockchain é o trabalho que mais cresce em 2018

Siga no

Desenvolvedor Blockchain é o emprego que mais cresce em 2018, de acordo com o relatório anual Emerging Jobs Report do LinkedIn, divulgado na quinta-feira. 

Trabalhos relacionados a desenvolvimento em Blockchain tiveram um crescimento de 33x este ano, enquanto o segundo trabalho que mais cresceu foi o de Machine Learning Engineer com um crescimento de 12x. 

O LinkedIn afirma que o crescimento pode ser explicado por “popularidade em torno de blockchain e criptomoedas”, mas que apenas o tempo dirá se é uma tendência de longa data no mercado de trabalho ou apenas uma moda passageira.

O LinkedIn descobriu que as principais habilidades dos desenvolvedores de blockchain são Solidity, Blockchain, Ethereum, Cryptomoedas e Node.js. O relatório diz que a maioria dos desenvolvedores blockchain trabalham na IBM, ConsenSys e Chainyard, e a demanda é a mais alta em São Francisco, Nova York e Atlanta.

Habilidades sociais como gerenciamento de projetos e liderança também estão entre as habilidades “únicas” que mais crescem. Posições como “Engenheiro de Sistemas”, em 2015, habilidades interpessoais constituíram menos de 1% das habilidades necessárias para ter sucesso no trabalho.

Agora, eles representam 8%. Não há dúvida de que as habilidades de IA estão aumentando, mas algumas habilidades tipicamente humanas que hoje não podem ser replicadas por máquinas vêm crescendo quase tão rapidamente e estão aqui para ficar.

A rede social Facebook também listou cinco novos empregos relacionados a blockchain em sua página de carreiras nas últimas três semanas. Na descrição do trabalho de engenheiro blockchain da equipe de Engenharia de Dados da Blockchain do Facebook, o anúncio caracteriza a posição como um trabalho tecnicamente e intelectualmente desafiador, que “terá um enorme impacto global”.

Embora 2018 possa ter sido um ano marcante para devs blockchain, não está claro se o crescimento massivo deste ano continuará em 2019. A queda na captação de recursos observada pela Fabric ocorreu pouco antes de um forte declínio nos mercados de criptomoedas em novembro, juntamente com vários relatórios de demissões e paralisações entre empresas de blockchain.

Uma das empresas mencionadas no relatório do LinkedIn, a ConsenSys, anunciou na semana passada que estaria demitindo 13% de sua força de trabalho, enquanto a Bitmain, uma empresa chinesa que fabrica hardware de mineração, fechou recentemente uma instalação de P & D em Israel. 

Os investidores também perderam bilhões investindo em startups blockchain nos últimos anos. Embora ainda exista uma quantidade considerável de capital procurando por talentos de blockchain, a indústria parece estar apertando o cinto.

Quer aprender entrar no mercado? Confira nossas dicas:

Melhores linguagens de programação Blockchain

Empresas no Brasil para trabalhar com Blockchain

Informações da The BLockCrypto e  Coinspeaker

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Leia mais sobre:
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Analista de Sistemas, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Tradutor do site Bitcoin.org Sugestão de pauta: mateus@livecoins.com.br
Comissão Oficial do Bitcoin em El Salvador causa polêmica

“Comissão Oficial do Bitcoin” em El Salvador causa revolta na comunidade

Muitas coisas estão acontecendo em El Salvador desde que o país da América Central decidiu adotar o Bitcoin como moeda de curso legal. Recentemente...
Real-inflação (imagem: SHutterstock)

Inflação batendo as portas, como se proteger?

A inflação é totalmente sem educação, entra em nossas casas sem permissão ou aviso prévio e fica por um bom tempo morando conosco. É...
Mineração de Bitcoin, moeda BTC e GPU

Preço do Bitcoin cai após hashrate atingir mínima anual

A recente queda no preço do Bitcoin coincidiu com a baixa no hashrate da rede, com uma possível capitulação de mineradores do mercado. Vale...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias