Maduro vai distribuir criptomoeda para médicos da Venezuela

O governo distribuiu dois bônusm, o “Fique em casa” e o “Disciplina e Solidariedade”

Siga no

O governo da Venezuela anunciou que vai distribuir a criptomoeda Petro para cada médico do país. O anúncio pode estar ligado com um incentivo para o momento de pandemia que vivemos, no entanto, o bônus é mais uma tentativa do governo Maduro de tentar aumentar o uso da criptomoeda estatal.

O anúncio foi feito através das redes sociais oficiais do governo:

“Graças ao Presidente Nicolás Maduro estamos iniciando a entrega do Bônus Especial para Médicos e Médicas da Pátria de um Petro através da Carnet de la Patria”

 

O Carnet de la Patria é uma plataforma digital criada pelo governo para poder oferecer bônus, subsídios e programas sociais sem a necessidade de utilizar o sistema bancário tradicional.

A plataforma, assim como o Petro, faz parte de um programa do governo para tentar amenizar a situação econômica do país, que passar por uma das piores inflações da história e enfrenta uma série de sanções comerciais.

Além do bônus para os médicos, o governo Maduro também aprovou a distribuição de benefícios para aqueles Venezuelanos que não podem trabalhar por causa da quarentena.

O governo distribuiu dois bônus o “Fique em casa” e o “Disciplina e Solidariedade”, ambos no fim de março. No entanto, eles foram depositados em moeda fiduciária.

A longa tentativa de fazer o Petro funcionar

Petro Venezuela Maduro

O Petro é um projeto interessante, em teoria. Ele foi desenvolvido pelo governo venezuelano para conseguir driblar as sanções impostas à economia do país. O projeto é uma criptomoeda com lastro no petróleo produzido na Venezuela.

No entanto, a ideia não foi muito bem aceita pela população. O principal problema é a falta de confiança no governo e nos projetos estatais, com os cidadãos das Venezuela preferindo usar o Bitcoin, o Dash e, principalmente, o Dólar ao invés do Petro.

Isso fez com que o governo criasse diferentes maneiras de tentar empurrar o uso da criptomoeda estatal.

Ele fez isso pagando o décimo terceiro e aposentadorias usando a moeda digital, forçando os bancos a trabalharem com a moeda e exigindo que empresas também passassem a aceitar o Petro.

Apesar dessas ações, a moeda ainda não decolou por lá e é amplamente criticada por muitos e pela oposição ao governo.

Quanto vale a criptomoeda Petro?

Ainda com seus muitos problemas, a Petro gera certo interesse (principalmente quando é recebida de graça) porque o seu valor está atrelado ao petróleo e pode ser trocada por dólar, deixando de lado a moeda inflacionada do país.

Com isso, distribuir Petro pode fazer uma boa diferença para os médicos que atuam na Venezuela. O Decrypt apontou que, segundo dados oficiais, cada Petro vale US$58.93, mas no mercado secundário a moeda vale bem menos.

Na exchange Amberes, uma das mais utilizadas pelos investidores venezuelanos, cada Petro vale cerca de 0.0026 BTC, por volta de US$18 na cotação atual.

Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.
Idoso segurando Bitcoins aposentadoria

Empresa passa a oferecer aposentadoria com Bitcoin

Uma parceria entre três empresas do mercado de criptomoedas possibilitou a criação de um produto de aposentadoria com Bitcoin. Os planos de aposentadoria, normalmente chamados...

Líder de pirâmide com Bitcoin é solto e volta a aplicar golpes prometendo lucros

Mesmo depois de ter sido preso e indiciado pela Polícia Civil, o dono da pirâmide financeira "Medina Bank", Izaltino Medina Filho, de 60 anos,...

Modelo do Instagram vende seu “amor” em forma de criptomoeda

O mercado dos tokens não-fungíveis (NFTS) realmente se tornou uma grande moda nos últimos meses, sendo uma forma que muitos escolheram para vender peças...

Cotação do Bitcoin por TradingView

Últimas notícias