Inicio Análises Maior corretora de bitcoin do mundo teve lucro de R$ 1.6 bilhão...

Maior corretora de bitcoin do mundo teve lucro de R$ 1.6 bilhão em 2018

Em meio a um mercado em queda, a Binance se manteve na liderança e teve US $ 446 milhões em lucro líquido no ano de 2018

-

Compartilhe
binance

Em julho de 2018, o CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao, disse à Bloomberg que esperava que o lucro líquido da corretora naquele ano fosse de US $ 500 milhões a US $ 1 bilhão.

Com base em uma análise da The Block, a empresa lucrou um total de US $ 446 milhões (R$ 1.6 bilhão).

A Binance não divulga dados financeiros, mas os lucros podem ser deduzidos facilmente avaliando dados disponíveis pela API.

A Binance arrecadou um total de US $ 200 milhões com a venda do token Binance Coin (BNB) em 2017. Como parte da manutenção de sua moeda própria, a Binance usa 20% de seus lucros líquidos para recomprar o token BNB e eventualmente destruir 100 milhões de unidades (token burn), de acordo com o informe oficial. Após cada queima de BNB, a Binance publica um relatório com resultados.

A Binance já teve seis queimas de tokens BNB, nas quais eliminou pouco mais de 10,8 milhões de BNB. Toda queima é feita com base no preço do BNB no dia do evento de Token Burn, o que significa que se a somatória de BNB for multiplicada pelo preço do BNB no dia da queima, podemos ver um lucro de 20% em dólares.

O lucro da Binance é cinco vezes o equivalente em dólares de cada queima.

Queima de tokens significa que uma quantidade de criptomoedas serão eliminadas do mercado, portanto a oferta será diminuída. E quando a demanda é alta, os preços tendem a aumentar.

Queima tokens Binance. Imagem: The Block
Queima tokens Binance. Imagem: The Block

No total, a Binance arrecadou aproximadamente US $ 655 milhões em seis trimestres de sua curta existência.

O trimestre mais lucrativo da Binance foi o quarto trimestre de 2017, quando ela arrecadou mais de US $ 200 milhões.

Em 2018, a empresa teve US $ 446 milhões em lucro líquido, US $ 54 milhões abaixo da expectativa do CEO.

Como visto nos dados, quase 71% dos lucros anuais foram gerados no primeiro semestre de 2018. No terceiro trimestre, os lucros caíram 51% em relação ao segundo trimestre. E no quarto trimestre, os lucros continuaram caindo; outros 39% trimestre a trimestre.

Lucro Binance por trimestre. Imagem: The Block
Lucro Binance por trimestre. Imagem: The Block

A queda nos lucros coincide com uma diminuição no volume de negociações, que foi sentido em todas as corretoras de bitcoin do mundo.

Em outubro a Binance começou a doar taxas para caridade, o que também poderia pressionar negativamente o lucro do quarto trimestre.

A Binance também tem investido fortemente na abertura de corretoras separadas que operam com “dinheiro comum” – fiat-to-crypto – desenvolvendo uma corretora descentralizada e também contratando pessoas. A empresa abriu sua segunda plataforma fiat-to-crypto em janeiro depois de lançar uma em Uganda em outubro do ano passado.

De acordo com um documento revisado pela Bloomberg em outubro, a Coinbase havia projetado lucros de US $ 456 milhões em 2018. Se a Coinbase superestimou a receita, como a Binance, é provável que, das duas, a Binance acabou tendo lucros maiores em 2018.

A Coinbase cobra taxas muito mais altas, mas tem um volume significativamente menor do que a Binance.

Em janeiro, o volume negociado da Coinbase foi inferior a um oitavo do da Binance.

Fazendo uma comparação com o mundo das finanças tradicional, a NASDAQ, a segunda maior bolsa de valores, arrecadou US $ 734 milhões em lucro líquido em 2017, mas a bolsa emprega 4.700 pessoas – 15 vezes mais do que Binance.

A Binance é a maior corretora de criptomoedas por volume de negociação e defendeu essa posição consistentemente ao longo de 2018. A empresa emprega mais de 300 pessoas e tem aproximadamente 10 milhões de usuários.

Curta nossa página no Facebook e também no Twitter para começar e terminar o dia bem informado. Cadastra-se também na Newsletter para receber em seu e-mail.
Mateus Nunes
Mateus Nuneshttps://livecoins.com.br
Fundador do Livecoins, entusiasta de criptomoedas e blockchain. Sugestão de pauta: [email protected]

MAIS LIDOS

FMI: Criptomoedas estão “abalando” o sistema bancário

De acordo com Christine Legarde, diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), as criptomoedas estão "abalando o sistema" afirmando que as moedas digitais "devem ser monitoradas e reguladas para...

Fundador do Wikileaks foi preso na Embaixada do Equador

O mundo acompanha há sete anos a prisão do fundador da Wikileaks, Julian Assange. Este que sempre atuou em prol de um jornalismo livre,...

PewDiePie: um dos maiores Youtubers do mundo troca YouTube por plataforma Blockchain

PewDiePie, o polêmico astro mais bem pago do YouTube (R$ 51,3 milhões entre 2015 e 2016) - que havia sido alvo de uma petição para...
 
Compartilhe
close-link