Maior corretora de criptomoeda dos EUA terá listagem direta na Bolsa de Valores

A maior corretora de criptomoedas dos EUA e uma das maiores do mundo, a Coinbase, anunciou novos planos para abrir capital na bolsa de valores através de uma listagem direta. A ideia evoluiu de uma proposta de IPO para a listagem direta, facilitando alguns procedimentos.

De acordo com um anuncio feio no blog oficial da corretora, a companhia tem o propósito de tornar seu capital aberto para investimento na bolsa de valores. Mas ao contrário dos planos originais de fazer isso através de uma IPO (Oferta Pública Inicial) a corretora registrou na SEC um pedido de listagem direta como um ativo de Classe A.

Executivo troca Google por grande corretora de Bitcoin - Imagem/Coinbase
Brian Armstrong (à Direita), CEO da Coinbase – Imagem/Coinbase

Existem várias diferenças entre as duas formas de listagem na bolsa, mas a principal é que na listagem direta não são criadas novas ações para serem vendida na IPO. Isso também elimina a necessidade de intermediários para a compra das ações, possibilitando que os interessados possam comprar diretamente na bolsa.

A Coinbase tem uma presença massiva dentro do criptomercado mundial, sendo avaliada em cerca de US$ 8 bilhões em 2018, durante o seu último round de investimento privado. Curiosamente, a Coinbase valorizou quase 10 vezes durante 2017 e 2018, mostrando a força do mercado durante esse período, além do interesse dos investidores.

Caso tudo ocorra de maneira satisfatória para a Coinbase, a corretora será a primeira exchange a ser listada na bolsa e se tornar pública. Isso não será um evento que vai passar despercebido pelo setor financeiro e pode até mesmo trazer mais interesse pelo Bitcoin.

Esse é mais um passo (e um muito importante) que o criptomercado dá em direção ao setor financeiro tradicional e na “liga dos grandes”, vindo logo após o aumento do interesse por grandes nomes e outras empresas.

Com seus mais de 43 milhões de clientes, a Coinbase é um componente de peso dentro do mercado financeiro e a sua listagem pública pode, em teoria, ajudar o Bitcoin e outras criptomoedas a ganhar ainda mais espaço entre os investidores institucionais.

Vale lembrar que foi o interesse institucional que motivou a mais recente alta do Bitcoin para seus recentes recordes de preço. Com isso, vale a pena esperar para ver o que a listagem da Coinbase pode trazer para o mercado.

Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.



Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.
Matheus Henrique
Fã do Bitcoin e defensor de um futuro descentralizado. Cursou Ciência da Computação, formado em Técnico de Computação e nunca deixou de acompanhar as novas tecnologias disponíveis no mercado. Interessado no Bitcoin, na blockchain e nos avanços da descentralização e seus casos de uso.

Últimas notícias