Manifestantes protestam contra Bitcoin em El Salvador

O grupo conhecido como “Bloco de Resistência e Rebelião Popular” fez uma manifestação em frente a Assembleia Legislativa de El Salvador.

Nesta terça-feira (20), um grupo conhecido como ‘Bloco da Resistência e Rebelião Popular’ se reuniu em frente a Assembleia Legislativa de El Salvador e exigiu a revogação da Lei Bitcoin, que foi aprovada no país no mês passado.

O grupo de salvadorenhos pediu a revogação da lei que permitirá, a partir de setembro, o uso do bitcoin como moeda legal.

Os membros do grupo, que fazem parte de diferentes sindicatos e associações de estudantes, entregaram o pedido à deputados de oposição ao governo atual.

Segundo eles, a volatilidade do bitcoin e a possibilidade de utiliza-lo para financiar atividades ilícitas são algumas das preocupações. Além disso, os manifestantes dizem que se trata de uma regulamentação “imposta” e “sem consulta ao povo”.

“O Bitcoin facilita a corrupção pública, as operações dos traficantes de drogas, o tráfico de armas e pessoas, extorsões e evasões de impostos. Também provocará um caos monetário, diminuirá salários, pensões e poupança das pessoas”, diz o grupo.

“Bitcoin prejudica os mais pobres”

Os manifestantes foram recebidos pelas deputadas do governo de El Salvador, Dina Argueta e Anabel Belloso. Uma das líderes do movimento “resistência” deu uma entrevista falando que a volatilidade do Bitcoin é muito alta.

“Para as pessoas que ganham salário mínimo, em um momento você pode ter U$ 300 em bitcoin e no dia seguinte os U$ 300 podem se tornar U$ 50. Hoje temos visto como o preço da criptomoeda está caindo”, afirmou uma das líderes do grupo de manifestantes.

Os manifestantes fizeram o protesto na manhã desta terça em frente ao Centro Cívico Cultural Legislativo e depois na Assembleia Legislativa, onde entregaram o pedido de revogação da Lei Bitcoin.

Maricela Ramirez, líder do “Bloco da Resistência”, disse que rejeita a Lei do Bitcoin que, em suas palavras, é “trapaceira” e, portanto, exige sua revogação, já que o projeto “prejudica os mais pobres.”

Deputadas recebem manifestantes
Deputadas recebem manifestantes
Exigimos revogação da Lei Bitcoin. Imagem: Reprodução
Exigimos revogação da Lei Bitcoin. Imagem: Reprodução

Lei do Bitcoin

A Lei Bitcoin foi aprovada no mês de junho pelo Congresso do El Salvador, tornando o Bitcoin uma moeda de curso legal no país, isso fez da nação a primeira a adotar uma criptomoeda no mundo.

A lei foi proposta pelo próprio presidente do país, Nayib Bukele, que demostrou seu apoio as criptomoedas, especialmente pelo Bitcoin, na tentativa de “salvar” a economia de El Salvador, que adotou o dólar como moeda oficial.

Depois do movimento, de uma lado vimos notícias positivas sobre a adoção do Bitcoin no país, como por exemplo, pequenos comerciantes adotando a moeda como forma de pagamento. Por outro lado, hoje vemos o outro lado da moeda, as pessoas que são contra a utilização do Bitcoin.

$100 de bônus de boas vindas. Crie sua conta na maior corretora de criptomoedas do mundo e ganhe até 100 USDT em cashback. Acesse Binance.com

Entre no nosso grupo exclusivo do WhatsApp | Siga também no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Lorena Almada
Lorena Almada
Formada em Engenharia Electromecânica/ Educadora e fundadora do curso Expert in Bitcoin/ Co-founder Her Capital/ Vivendo minha vida estudando e aprendendo algo novo cada dia!

Últimas notícias