Mastercard explica porque abandonou projeto da criptomoeda do Facebook

Um histórico problemático para a Libra

-

Siga no
Anúncio

A Mastercard, uma das maiores companhias de pagamentos do mundo anunciou recentemente que estaria retirando sua presença do projeto de desenvolvimento da Libra, a criptomoeda que será lançada pelo Facebook.

Agora o CEO da companhia Ajay Banga, explicou para a revista Finantial Times quais foram os motivos pelos quais a empresa não irá mias fazer parte do desenvolvimento do ativo.

De acordo com Ajay, um dos principais problemas da empresa com relação a Libra é a falta de compreensão sobre o modelo de negócio que a criptomoeda deve adotar. de acordo com ele, no momento em que não se entende como é o processo de criar qualquer tipo de valor monetário, há o risco deste procedimento ser realizado de um modo ruim.

Anúncio

Outro aspecto que preocupa o executivo é com relação a integridade das informações contidas na rede social. A partir deste posicionamento, fica clara a insatisfação da companhia com relação aos problemas envolvendo o vazamento de dados dos usuários do Facebook. Mas além destes dois fatores, o Mastercard considera uma terceira situação digna de alerta com relação a Libra.

Outras preocupações da companhia

Um aspecto especialmente preocupante para o CEO da Mastercard é o fato de que a Libra, inicialmente projetada para ser um recurso de inclusão financeira, após lançada será transferida para uma carteira Própria.

Ajay Banga afirmou que este tipo de movimentação não parece certa. Desta forma este fato foi preponderante para a saída da companhia do projeto.

O executivo destacou ainda que houve preocupações com o fato de que os membros da Libra Association deixaram de se comprometer de forma efetiva com as medidas de conformidade exigidas.

Entre elas estão os mecanismos de controle de conhecimento de clientes e para evitar lavagem de dinheiro. Assim o Facebook perdeu mais um aliado em seu projeto.

Um histórico problemático para a Libra

Além da Mastercard, que anunciou sua saída do projeto da criptomoeda em outubro de 2019, outras empresas também resolveram abandona-lo, incluindo a Visa.

Desta forma, dos 28 membros fundadores iniciais da Libra, anunciados em junho do ano passado, apenas oito seguem apoiando o lançamento do ativo.

O último golpe recebido pelo Facebook foi o cancelamento da parceria com a empresa Vodafone, que resolveu retirar-se da criação da libra no início deste mês.

De acordo com o comunicado dado pela companhia, o motivo foi a necessidade de se concentrar em seus próprios produtos de pagamento. Estes fatos acabam deixando o futuro da criptomoeda incerto.

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Jeferson Scholz
Jeferson Scholz
Jornalista. Escrevi dois artigos acadêmicos publicados no congresso de comunicação INTERCOM, e fui diretor do documentário universitário "Planeta dos Desmortos - O Mito Zumbi".

Leia mais

Rede social Twitter e Bitcoin (Blockchain)

Blockchain é o futuro do Twitter, afirma Jack Dorsey

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, participou nessa sexta-feira (25) do Oslo Freedom Forum 2020. Durante a conversa, Jack deixou claro que a tecnologia...
DeFi pode ser scam?

DeFi Leaks denuncia golpe, investidor pode ter perdido 10 mil DAI

Uma pessoa que detinha pelo menos 10 mil moedas DAI pode ter perdido tudo. Depois que um novo golpe foi denunciado pelo DeFi Leaks,...
Corretora de Bitcoin e criptomoedas Binance

Site da Binance é banido na Rússia

Nesta última quinta-feira, 24, o site da Binance (maior corretora de criptomoedas do mundo) foi bloqueado e colocado na em uma lista negra da...

Últimas notícias

DeFi Leaks denuncia golpe, investidor pode ter perdido 10 mil DAI

Uma pessoa que detinha pelo menos 10 mil moedas DAI pode ter perdido tudo. Depois que um novo golpe foi denunciado pelo DeFi Leaks,...

Site da Binance é banido na Rússia

Nesta última quinta-feira, 24, o site da Binance (maior corretora de criptomoedas do mundo) foi bloqueado e colocado na em uma lista negra da...

Spotify, Epic Games e Tinder se unem contra Apple

Um grupo de empresas está se reunindo contra a App Store, pois sua política tem sido considerada injusta. Dessa forma, empresas como Spotify, Tinder...